Juros futuros caem com dólar abaixo de R$ 5,50 e indicam menor chance de Selic subir

O movimento ocorre em meio à sinalização do governo de que irá promover cortes de gastos

Estadão Conteúdo

(Pixabay)
(Pixabay)

Publicidade

A queda forte do dólar ante o real, para abaixo de R$ 5,50, favorece o fechamento da curva de juros futuros na manhã desta quinta-feira, 4, diminuindo as chances de alta da Selic este ano. O movimento ocorre em meio à sinalização do governo de que irá promover cortes de gastos, de R$ 25,9 bilhões de despesas obrigatórias, segundo o ministro da Fazenda, Fernando Haddad.

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita 

Além disso, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva garantiu que o Brasil “jamais” será irresponsável do ponto de vista fiscal. Logo mais a agenda traz o leilão de LTN e NTN-F (11h00). Com o feriado nos Estados Unidos, a liquidez tende a se manter reduzida.

Continua depois da publicidade

Às 9h16, o contrato de depósito financeiro (DI) para janeiro de 2025 recuava para 10,650%, de 10,695%, e o para janeiro de 2027 cedia para 11,690%, de 11,845%, enquanto o vencimento para janeiro de 2029 marcava 12,075%, de 12,203% no ajuste anterior. O dólar à vista caía 1,42%, a R$ 5,4893.