Junho confirma melhor mês do ano para a indústria automobilística dos EUA

Vendas de veículos registram décima segunda queda seguida, mas apontam certa estabilização; Chrysler e Ford em opostos

SÃO PAULO – As principais montadoras norte-americanas reportaram seus números referentes a vendas de automóveis nos EUA em junho nesta quarta-feira (1), confirmando o décimo segundo mês negativo consecutivo para o setor.

Os dados, no entanto, revelam relativa estabilização do segmento, com dados melhores que as projeções e ritmo menos acentuado de queda. De acordo com os dados, junho aparece, até o momento, como o melhor mês do ano para a indústria automobilística norte-americana.

Chrysler e Ford em opostos

Apesar de o fenômeno de queda ter sido generalizado, o destaque vai para a Chrysler. A companhia, que recentemente anunciou concordata e um acordo com a italiana Fiat, reportou tombo de 42% nas vendas no mercado norte-americano em comparação com igual mês em 2008.

PUBLICIDADE

Os dados da Ford foram os mais surpreendentes. A companhia divulgou a menor retração (10,9%) na base comparativa de todo o setor.

Contente com os números do período, Jim Farley, responsável pela divisão de marketing da Ford, afirmou que “estamos verificado progresso contínuo com foco em nosso plano de construir uma Ford sustentável e excitante”.

GM

Mesmo apontando retração de 33,6% em suas vendas na comparação com o mesmo período do ano passado, a General Motors voltou a liderar as vendas em solo norte-americano em junho, com 176,5 mil unidades vendidas.

CompanhiaVariação
(frente junho/2008)
Unidades vendidas
Ford-10,9%155,2 mil
Nissan-23%58,3 mil
Toyota-27%78,6 mil
GM-33,6%176,5 mil
Chrysler-42%68,3 mil
Honda-29,5%100,4 mil