Covfefe

JP Morgan cria índice “Volfefe” para captar efeito dos tuítes de Trump no mercado

Banco americano cria índice que analisa como os tuítes de Trump estão influenciando a volatilidade das taxas de juros dos EUA

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Os tuítes do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, têm tido efeitos cada vez mais amplos no mercado. Apenas seis mensagens do líder americano na rede social fizeram US$ 500 bilhões desaparecerem do mercado no dia 24 de agosto segundo notícia da Forbes. 

Para quantificar esse impacto, o JP Morgan criou o índice “Volfefe”, que analisa como os tuítes de Trump estão influenciando a volatilidade das taxas de juros dos EUA. O foco está nos rendimentos dos títulos de dois e de cinco anos dos títulos do Tesouro norte-americano. 

O nome do índice é uma referência ao infame tuíte do “covfefe” do presidente americano em maio de 2017, posteriormente transformado em meme. Na mensagem, Trump cometeu um estranho erro de digitação ao criticar a imprensa. 

PUBLICIDADE

covfefe

“Fizemos isso porque muitos dos tuítes do presidente são focados no Federal Reserve e as tensões comerciais são vistas majoritariamente como o principal impacto no curto prazo para o desempenho da economia, o que se reflete em reações do Fed para tentar conter esses efeitos”, escreveram os autores do relatório do JP Morgan.  

Os posts de Trump que movimentam o mercado costumam abordar política comercial e monetária, tendo palavras-chave como “China”, “bilhão” e “produtos”. Desde sua eleição, em 2016, Trump fez em média 10 tuítes por dia para seus quase 64 milhões de seguidores. 

Vale ressaltar que, segundo outro estudo feito pelo Bank of America Merrill Lynch e obtido pela CNBC, os dias em que Trump tuíta muito são associados a sessões mais negativas para o mercado.

Contudo, embora a atividade de Trump no Twitter possa atrapalhar os mercados com ataques repentinos contra a China ou contra o Federal Reserve, ela ainda é boa para o mercado de ações em geral. O Dow Jones avançou 42% desde a eleição presidencial de 2016 e 31% desde sua posse. Contudo, as novas tarifas anunciadas em agosto por Trump contra a China indicam viés de queda para as previsões do banco para o crescimento do lucro por ação.  

Quer investir melhor o seu dinheiro? Clique aqui e abra a sua conta na XP Investimentos