Luto

Jornalista Ricardo Boechat morre em queda de helicóptero em São Paulo

Segundo o Corpo de Bombeiros, os dois ocupantes da aeronave morreram carbonizados

arrow_forwardMais sobre

Um helicóptero caiu no início da tarde de hoje (11) em um dos acessos da Rodovia Anhanguera, que liga a capital paulista, ao interior.

Segundo o Corpo de Bombeiros, os dois ocupantes da aeronave morreram carbonizados. Um deles era o jornalista Ricardo Boechat, de 66 anos.

O motorista de um caminhão que foi atingido no acidente foi resgatado pelo serviço da concessionária que administra a via. O fogo no local já foi extinto.

PUBLICIDADE

Boechat apresentava o Jornal da Band e era âncora da rádio Band News FM, além de colunista da revista IstoÉ. Sua morte foi anunciada com muita emoção nas emissoras do Grupo Band.

Segundo a rádio Band News FM, Boechat havia participado de um evento de um laboratório farmacêutico em Campinas, a cerca de uma hora de São Paulo, e voltava de helicóptero para a capital paulista.

“Ele era o maior jornalista do país”, disse José Luiz Datena no plantão do canal de TV Band News. Boechat também passou pelos diários O Globo, O Dia, O Estado de S. Paulo e Jornal do Brasil e pela TV Globo. Foi ainda laureado três vezes com o Prêmio Esso.

O presidente Jair Bolsonaro disse que recebe “com pesar” a notícia do falecimento de Boechat. “Minha solidariedade à família do profissional e colega que sempre tive muito respeito [sic], bem como do piloto. Que Deus console todos”, escreveu o mandatário no Twitter.

(Com Agência Brasil e Ansa Brasil)