Ex-ministro da Fazenda

Joaquim Levy assume cargo de diretor de estratégia econômica e relações com mercados do Banco Safra

Até então, executivo estava desenvolvendo pesquisas sobre tecnologias sustentáveis e transição de economias para emissões líquidas zero de carbono nos EUA

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Joaquim Levy, ex-ministro da Fazenda e ex-presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), vai assumir o cargo de diretor de estratégia econômica e relações com mercados na equipe de gestão do Banco Safra.

Em nota enviada à imprensa, o banco informou que Levy será responsável pela área de macroeconomia e de relações com o mercado.

O executivo deixou a liderança do BNDES em junho de 2019, após receber críticas do presidente Jair Bolsonaro, em função da nomeação do advogado Marcos Barbosa Pinto para o cargo de diretor de Mercado de Capitais do banco de fomento. O indicado havia atuado como assessor do BNDES durante o governo PT, de 2005 a 2007, o que teria irritado Bolsonaro.

PUBLICIDADE

Doutor em Economia pela Universidade de Chicago, mestre em Economia pela Fundação Getúlio Vargas e graduado em Engenharia Naval pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, Levy tem passagens pelo Fundo Monetário Internacional (FMI), pelo Banco Central Europeu (BCE) e pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e, em 2016, virou diretor-geral e diretor financeiro do Banco Mundial, informa o Safra, em nota.

No Brasil, atuou no governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e na Secretaria de Estado da Fazenda do Rio de Janeiro. No setor privado, atuou como estrategista-chefe e como diretor superintendente da Bradesco Asset Management (Bram)

Até recentemente, diz o Safra, Levy estava desenvolvendo pesquisas sobre tecnologias sustentáveis e transição de economias para emissões líquidas zero de carbono na Universidade de Stanford, nos Estados Unidos.

Invista na carreira mais promissora dos próximos 10 anos: aprenda a trabalhar no mercado financeiro em um curso gratuito do InfoMoney!