Desinvestimento

JBS (JBSS3) fecha em queda de quase 4% após BNDES vender lote de ações

BNDES vendeu cerca de 50 milhões de ações em novo passo de seu processo de desinvestimento

Por  Equipe InfoMoney -

As ações ordinárias da JBS (JBSS3) caíram mais de 4% ao longo desta quarta-feira (16) e fecharam a sessão em baixa de 3,88%, a R$ 37,18. O Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES) colocou à venda, segundo jornais, mais de 50 milhões de ações do frigorífico em um block trade – definição que envolve transações que movimentam mais de 0,9% do free float da companhia.

Assim, o banco governamental reduziu sua participação na empresa de proteínas para menos de 20%, contra 24,5% antes da operação de hoje.  O Estadão afirma que a própria JBS foi a compradora do lote, por meio de seu programa de recompra de ações, que, implementado em novembro do ano passado, permite a aquisição de mais de 129 milhões de ações extraordinárias.

O BNDES já havia realizado outro block trade envolvendo as ações da JBS há dois meses atrás, no qual desfez de 70 milhões de papéis, a R$ 38,01 cada, angariando R$ 2,66 bilhões.

Hoje, os comentários são que o BTG Pactual, coordenador da operação, garantiu ao menos R$ 37,52 por ação do frigorífico, desconto de 3% em relação ao fechamento de ontem. No total, a venda pode ter movimentado cerca de R$ 2 bilhões.

A venda de ações da JBS pelo BNDES faz parte do programa do banco estatal de desinvestimentos – em três anos, o banco afirma ter retirado mais de R$ 80 bilhões de investimentos em ações e títulos do Tesouro Nacional.

Em entrevista recente ao InfoMoney, o presidente do BNDES, Gustavo Montezano, afirmou que o banco ainda tem cerca de R$ 75 bilhões na carteira para desinvestir.

Oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje. Assista aqui.

Compartilhe
Mais sobre