Japoneses são os que pagam mais barato pelo i-Pod

No país asiático, o aparelho é vendido por US$ 146,73. Consumidores brasileiros são os que pagam mais caro: US$ 358,08

Por  Equipe InfoMoney -

SÃO PAULO – Os consumidores japoneses são os que pagam mais barato pelo i-Pod de 2 gigabytes. No Japão, o aparelho é vendido por US$ 146,73, e até apresentou uma queda de 0,6% em comparação a uma pesquisa realizada em janeiro.

Os dados são de um estudo realizado por um dos maiores bancos da Austrália, o Commonwealth Bank, e divulgado nesta semana.

Menores preços na Ásia

Logo em seguida ao Japão, Hong Kong figura entre os países onde o i-Pod possui menor preço. Lá, paga-se US$ 147,03 pelo aparelho. No ranking das 10 localidades em que se paga menos pelo I-Pod aparecem ainda Taiwan (US$ 161,83) e Singapura (US$162,52), na sexta e sétima posições, respectivamente.

A Coréia encontra-se na nona posição. Apesar de ser o país onde o player é fabricado, a China é apenas o 12º lugar mais barato para comprá-lo: US$ 182,15.

Brasileiros pagam mais

Segundo o estudo, os brasileiros são os que pagam mais caro no aparelho. Em abril, o modelo de 2 gigabytes custava US$ 358,08.

Na segunda posição entre os mais caros, está a Índia, onde o tocador é vendido po US$ 241,38.

Compartilhe