Temporada de balanços

Jalles Machado (JALL3) lucra 235% a mais no balanço do 3º trimestre da safra 2021/2022

Crescimento da receita obtida no cenário interno impulsiona balanço, com menores gastos com impostos de exportação

Por  Equipe InfoMoney

A Jalles Machado (JALL3) reportou lucro líquido de R$ 169,5 milhões no terceiro trimestre da safra 2021/2022, aumento de 235% na comparação anual.

A empresa explica que o crescimento da receita no mercado interno acaba por gerar mais benefício fiscal (que não existe nas exportações), o que eleva a linha de outras receitas operacionais e contribui para o resultado líquido.

A receita líquida somou R$ 360,4 milhões, alta de 34,8% em relação ao mesmo período do ano anterior.

O resultado financeiro líquido foi negativo em R$ 46,7 milhões no terceiro trimestre, uma piora de 71% em relação as perdas financeiras registradas em igual etapa da safra anterior.

O lucro antes do juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) ajustado cresceu 77,3% na comparação com igual etapa de 2021, totalizando R$ 291,5 milhões. Já a margem Ebitda alcançou 80,9% no 3º trimestre da safra 2021/2022, alta de 19,4 p.p. na comparação com igual trimestre de 2020.

O lucro bruto subiu 56,5% no período, totalizando R$ 231,8 milhões. Já a margem bruta da companhia foi de 64,3% entre outubro e dezembro de 2021, alta de 8,9 pontos percentuais.

Os estoques de produtos acabados encerraram o terceiro trimestre da safra corrente somando R$ 318,2 milhões, aumento de 24,3% em relação ao 3T21.

A companhia investiu aproximadamente R$ 184,6 milhões no terceiro trimestre da safra 2021/2022, crescimento de 245,6% nos investimentos em relação ao mesmo período da safra anterior.

A Jalles Machado reduziu a dívida líquida em R$ 621,3 milhões, encerrando dezembro de 2021 em R$ 225,7 milhões, com dívida líquida/Ebitda ajustado de 0,2x.

Oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje. Assista aqui.

Compartilhe