Conteúdo editorial apoiado por
IM Trader

“O trader tem que começar com uma estratégia com histórico de ser a correta”, diz Jake Bernstein

Analista, operador de mercados futuros e com 45 livros publicados participou do Sociedade do Gain

Augusto Diniz

Jake Bernstein participa do Sociedade do Gain. Imagem: Reprodução

Publicidade

Nascido na Alemanha, em um mosteiro, onde os pais se conheceram, após passarem por campos de concentração nazistas, Jake Bernstein, logo cedo, se mudou para os Estados Unidos e lá se formou em psicologia. Trabalhando em um hospital com pacientes com problemas mentais, percebeu que o dinheiro era curto e procurou outras alternativas de renda. Foi aí que mudou de profissão e se tornou um trader.

Hoje, depois de mais de 50 anos operando no mercado, é um bem-sucedido analista, operador de mercados futuros e escritor internacionalmente reconhecido, com 45 livros publicados.

Ele contou suas experiências durante o 3º e último dia do Sociedade do Gain, evento online e gratuito, que se encerrou nesta quarta-feira (28).

Jake Bernstein

Durante sua apresentação, Bernstein contou que o trader deve ter capacidade de relaxar. “Quando chego em casa depois de um dia de trading, nunca falo com minha esposa sobre trading, não falo com minha família sobre trading. Não penso em trading. É um trabalho. Eu faço o trabalho, volto para casa e relaxo”, afirma.

“Tem que se afastar do mercado e ver o panorama geral, e então será menos emocional. Se você for menos emocional, ganhará mais dinheiro”, ensina. Isso, segundo ele, ajuda na disciplina, que é importante para se tornar um bom trader. Pois, assim, ganha-se confiança e, consequentemente, dinheiro.

Mas no início, essa equação nem sempre é simples de adotar. “O trader tem que começar com uma estratégia, com histórico de ser a correta. Se você tiver uma estratégia que esteja correta 60% das vezes, isso lhe dará alguma disciplina”, afirma.

“O problema é que a maioria das pessoas não tem uma estratégia que funcione”, acrescenta. “E se ela não funciona, você começa a perder desde o início. E se perde desde o início, perde-se a confiança”, diz.

Operacional

O analista explica que trabalha com trade usando cinco indicadores principais: canal de média móvel, divergência, relação de abertura-fechamento, comprometimento dos traders e sentimento de pequenos traders. “Não uso mais do que isso, porque aí se tornam indicadores demais”, pontua.

Entre esses indicadores, dois deles Bernstein considera os mais pertos da perfeição. “Se o pequeno trader estiver otimista, provavelmente estará no topo. Se o pequeno trader está pessimista, provavelmente estará no fundo. Isso é quase perfeito”, diz, em relação ao “Daily Sentiment Index” (DSI), indicador criado por ele, nos anos 80, utilizado até hoje, e que mede o “sentimento” – otimista (bullish) ou pessimista (bearish) – dos traders.

Outro indicador recomendado por ele é o da divergência. “A divergência do momentum (medidor da diferença no preço) é um indicador muito bom”, comentou no evento. “A coisa mais importante que poderia ensinar a qualquer trader, são as três etapas para cada trade: configuração, gatilho e continuidade”, ressalta.

A configuração é o padrão utilizado para fazer trade. Já o gatilho é o timing para entrar na posição. A continuidade está relacionada a maximizar o lucro.

“Nunca faça trade com algo que te assusta. Se você fizer trade em um mercado que o assusta, cometerá erros. Gosto de mercados que se movem lentamente. Se ele se move na velocidade que gosto, que estou confortável, vou fazer trade”, explica.

Previsibilidade

Mas há também o imponderável em fazer trade e isso deve ser incorporado no seu dia a dia. “Temos que aceitar que nada na vida é 100% previsível. Talvez 70%, 75% das vezes se consegue prever o que acontecerá, o que é um número muito bom, porque pode-se ganhar muito dinheiro com isso”, ressalta Jack Bernstein.

“Temos que prever apenas o que é previsível. E para saber o que é previsível, temos que estudar história. Sabemos que alguns mercados são muito previsíveis. Outros mercados não são. Não estou interessado em fazer trade em mercados que não sejam previsíveis”, destaca, para comentar mais à frente, já finalizando sua apresentação, do quanto é importante dedicar energia somente para coisas importante – isso leva uma pessoa a ser bem sucedida.

As conversas completas ficarão disponíveis durante os próximos 7 dias no site do Sociedade do Gain.