Para ficar de olho

Itaú mantém carteira top 5, após retirar Vale no decorrer de outubro

RaiaDrogasil também havia sido excluída; corretora incluiu papéis da Cosan e Bradesco no período, concentrando portfólio em empresas voltadas à economia doméstica

SÃO PAULO – O Itaú BBA divulgou a carteira recomendada Top 5 para o mês de novembro. A corretora optou por manter as duas alterações que fez ao longo de setembro em seu portfólio, quando substituiu as ações da Vale (VALE3) e RaiaDrogasil (RADL3) pelos papéis da Cosan (CSAN3) e Bradesco (BBDC4).

A equipe de análise da corretora escolheu concentrar a carteira em empresas voltadas à economia doméstica, depois da forte oscilação nos mercados de renda variável e pela grande incerteza no cenário macroeconômico mundial, principalmente europeu, durante o mês passado. 

É importante lembrar que desde abril desse ano a corretora mudou a metodologia da carteira, podendo haver sugestões de troca ao longo do mês, como ocorreu em outubro. No período, o Itaú optou por retirar as ações da RaiaDrogasil e Vale, justificando a saída da mineradora pela redução na recomendação dos papéis, que foram para market-perform (desempenho em linha com a média) e corte no preço justo para o final de 2013. 

Em outubro, a carteira apresentou uma rentabilidade positiva de 2,1%, contra queda de 3,56% do Ibovespa. Nos últimos dez meses, o portfólio registrou alta de 38,3%, enquanto o benchmark subiu 0,55%. 

Confira as recomendações as top picks do Itaú BBA para novembro:

EmpresaTicker Preço-JustoUpside*
BR PropertiesBRPR3R$ 32,0020,98%
CCRCCRO3R$ 20,4512,98%
UltraparUGPA3R$ 58,0036,82%
CosanCSAN3R$ 51,3028,89%
BradescoBBDC4R$ 45,7638,04%

    *Em relação ao fechamento da última segunda-feira (5)