Onda de revisões

Itaú BBA corta projeção do Ibovespa de 132 mil para 94 mil pontos e muda carteira estratégica

Maior banco privado do País também ajusta suas expectativas para a Bolsa por conta do coronavírus

bolsa ações mercados crash baixa down circuit breaker
(Getty Images)

SÃO PAULO – O Itaú BBA cortou sua projeção para o Ibovespa ao final de 2020 de 132 mil pontos para 94 mil pontos seguindo o caminho de outras instituições financeiras como o Morgan Stanley, que na última semana reduziu sua previsão para o principal índice da B3 de 125 mil pontos para 85 mil pontos. Se o cenário se concretizar, o valor revisado corresponderia a uma valorização de 35,27% sobre o patamar atual do benchmark.

Segundo Marcos Assumpção, Jorge Gabrich e André Dibe, analistas do Itaú BBA, a projeção foi revisada por conta da expectativa de resultados mais fracos das empresas em 2020. “Precisamos encontrar um [múltiplo] P/L [preço de cada ação dividido pelo lucro por ação] mais preciso para o Ibovespa, que vemos acima de 11 vezes, portanto, não é tão atraente”, avaliam.

Apesar disso, a equipe do banco ainda acredita que a recuperação do Ibovespa será em formato de V, o que indica rápido retorno aos preços anteriores ao crash do coronavírus. “Nossa equipe de macroeconomia recentemente revisou suas estimativas para o [Produto Interno Bruto] PIB de 1,8% para -0,7%, mas também notou que esse é um efeito temporário e as novas estimativas para 2021 subiram de 3% para 5,5.”

PUBLICIDADE

Os analistas também rebalancearam a carteira estratégica do banco, aumentando a preferência por empresas que são líderes nos seus setores, possuem pouco risco de alavancagem (porque o custo da dívida tende a aumentar em tempos de incerteza) e carregam uma posição de caixa forte, pois são companhias com melhores condições de navegarem pela crise e, eventualmente, saírem dela mais fortes do que entraram.

Entre as principais mudanças está a inclusão de Localiza (RENT3) e CPFL Energia (CPFE3), ambas com recomendação outperform (desempenho acima da média do mercado). No caso da locadora de veículos, a entrada se deu porque a empresa tem constantemente demonstrado execução melhor que a de seus pares no setor e é precificada de uma maneira que faz justiça a esse posicionamento melhor. “Acreditamos que o sell-off recente abriu um ponto de entrada interessante no papel”, afirma a equipe do Itaú.

Já a CPFL entrou no portfolio por conta do seu time de administração altamente capacitado, que se alia a concessões eficientes e posicionamento em uma das regiões mais ricas do Brasil, o que limita as possibilidades de perdas. “Nós vemos [a ação da] CPFL como uma alternativa defensiva interessante que une resultados resilientes com uma [Taxa Interna de Retorno] TIR de 12% contra os 4,7% pagos pelos títulos do Tesouro brasileiro”, comentam.

Além dessas, outras ações foram mantidas na carteira por possuírem um caráter defensivo em momentos de crise. São elas, Bradesco (BBDC4), Banco do Brasil (BBAS3) e JBS (JBSS3). Fora elas, também ficaram papéis de empresas que possuem boas chances de se beneficiarem de uma recuperação cíclica na economia brasileira. No caso, Lojas Renner (LREN3), Hapvida (HAPV3), Gerdau (GGBR4), Eztec (EZTC3) e Multiplan (MULT3). Todas elas são consideradas líderes em seus segmentos de atuação.

Por outro lado, foram tiradas da carteira as ações da Eletrobras (ELET3), por causa da piora no relacionamento entre o governo e o Congresso, algo que reduz as possibilidades de ser aprovada a privatização, e da Marcopolo (POMO4), uma vez que o cenário imaginado na hora da inclusão de recuperação de volumes e poder de preços dificilmente se materializará tão cedo após essa crise.

Confira a carteira recomendada de ações do Itaú BBA

EmpresaTickerRecomendaçãoPreço-alvo (R$)Upside esperado
Banco do BrasilBBAS3Outperform63,00184,7%
BradescoBBDC4Outperform47,00166%
LocalizaRENT3Outperform58,00140,7%
EztecEZTC3Outperform49,5078,8%
GerdauGGBR4Outperform25,00189,4%
HapvidaHAPV3Outperform71,0085,9%
JBSJBSS3RestritoRestritoRestrito
Lojas RennerLREN3Outperform58,0093,3%
MultiplanMULT3Outperform38,70121%
CPFLCPFE3Outperform39,0066%

PUBLICIDADE

Aproveite as oportunidades para fazer seu dinheiro render mais: abra uma conta na Clear com taxa zero para corretagem de ações.