Itamaraty recorre de ações dos EUA e Canadá na OMC

Conteúdo do Portal InfoMoney – Editoria Mercados

Por  Equipe InfoMoney

11:02h – 02/02
Agência Brasil

BRASÍLIA – O Itamaraty está empenhado em provar junto à Organização Mundial do Comércio que os Estados Unidos e o Canadá “estão equivocados” na retaliação à lei brasileira de patentes sobre medicamentos e à indústria de aeronaves, respectivamente.

Em entrevista ao “NBr Manhã”, exibido há pouco pelo canal de TV a cabo da Radiobrás, o subsecretário-geral para Assuntos de Integração Econômica e de Comércio Exterior, embaixador Graça Lima, acrescentou que, ao contrário das acusações de uso de subsídios, “o Brasil é que está sendo o grande prejudicado”.

A batalha jurídica na OMC, segundo Graça Lima, “está longe de ser concluída”. O embaixador disse não ver relação entre a pressão comercial dos dois países e a implantação imediata da Alca, defendida pelos parceiros do Norte, enquanto o Brasil advoga primeiro o fortalecimento do Mercosul.

O tema “certamente estará na pauta” do encontro que o presidente Fernando Henrique Cardoso terá em breve com o presidente eleito dos EUA, George W. Bush, em data ainda não definida, informou Graça Lima.

Compartilhe