Dados do ressegurador

IRB (IRBR3) registra lucro líquido de R$ 84,8 milhões em agosto de 2021

Desempenho foi impactado pelo efeito não recorrente de R$ 129,4 milhões decorrente de registro do ganho de ação judicial referente ao PIS/PASEP

Por  Equipe InfoMoney -

SÃO PAULO – O IRB (IRBR3) registrou lucro líquido de R$ 84,8 milhões no mês de agosto de 2021.

Segundo a empresa, o desempenho foi impactado pelo efeito positivo one-off (efeito não recorrente) de R$ 129,4 milhões decorrente de registro do ganho de ação judicial referente ao PIS/PASEP.

No acumulado do ano até agosto, o IRB registrou resultado negativo de R$ 168,9 milhões, redução de 77% frente a perdas no mesmo período de 2020 de R$ 734,0 milhões.

Os prêmios emitidos pelo IRB em agosto totalizaram R$ 750,5 milhões, crescimento 7,6% em relação a agosto de 2020, sendo  R$ 454,7 milhões no Brasil e R$ 295,8 milhões no exterior. O prêmio emitido no Brasil cresceu 27,2% em relação a agosto de 2020, enquanto no exterior ocorreu uma redução de 13,0%.

Nos oito primeiros meses de 2021, o prêmio emitido de R$ 6,008 bilhões apresentou redução de 11,4%, em relação ao mesmo período de 2020, sendo R$ 3,673 bilhões no Brasil (+7,5%) e R$ 2,334 milhões no exterior (-30,6%).

Já a despesa de sinistro em agosto foi de R$ 533,7 milhões, 10,1% menor a agosto de 2020.

O índice de sinistralidade acumulado em 2021 foi 87,2%, equivalente a uma despesa de sinistro de R$ 3,699 bilhões, uma melhora de 16,5 pontos percentuais em relação aos oito primeiros meses do ano passado.

Segundo o Credit Suisse, os números foram neutros, com o resultado positivo sendo auxiliado por um efeito pontual de R$ 129 milhões em uma vitória na disputa tributária. O índice de perda normalizado e o prejuízo líquido ficaram em 81% e R$ 23 milhões, respectivamente.

Curso inédito “Os 7 Segredos da Prosperidade” reúne ensinamentos de qualidade de vida e saúde financeira. Faça sua pré-inscrição gratuita.

Compartilhe