Pesquisa XP

Investidores veem Ibovespa a 130 mil pontos e dólar a R$ 3,95 ao final de 2020

Sondagem feita pela XP Investimentos com 85 investidores institucionais reforça clima de otimismo com a bolsa brasileira nos próximos anos

SÃO PAULO – A despeito dos desafios políticos e econômicos, o clima de otimismo com retornos favoráveis no mercado financeiro brasileiro tende a permanecer ao longo dos próximos meses e anos. É o que indica a sexta edição da sondagem feita pela XP Investimentos com investidores institucionais.

De acordo com o levantamento, realizado com 85 gestores, traders e economistas de fundos de investimentos e instituições financeiras nacionais e estrangeiros, a mediana das projeções aponta para o Ibovespa na marca de 110 mil pontos ao final de 2019 e de 130 mil pontos no ano seguinte.

Os patamares estimados corresponderiam a respectivas altas de 6% e 25% do índice em relação ao patamar de fechamento desta sexta-feira (11) — 103.834 pontos.

PUBLICIDADE

Já para o dólar, as apostas são de que a moeda americana encerre este ano cotada a R$ 4,00 e o seguinte a R$ 3,95. Hoje, a divisa está precificada em R$ 4,0954 na venda. Clique aqui para ler o relatório completo.

A taxa básica de juros, por sua vez, é projetada em 4,50% ao final de 2019 e 2020, conforme indica a mediana das estimativas dos consultados. Hoje, a Selic está em 5,50% ao ano.

(Fonte: XP Investimentos)

A sondagem também compilou projeções dos investidores para a inflação e o desempenho da economia em 2020. A maioria dos agentes (56%) atribui uma probabilidade de IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) abaixo do consenso apontado para o ano que vem, atualmente em 3,78%.

Já em relação às apostas de alta do PIB (Produto Interno Bruto), há menos consenso entre os investidores se a marca de crescimento de 2% será atingida ou não. Para os próximos meses, 60% dos respondentes identificaram a retomada do crescimento como principal fator a ser monitorado.

(Fonte: XP Investimentos)
(Fonte: XP Investimentos)

Metodologia

O levantamento foi feito entre os dias 8 e 11 de outubro e contou com 85 entrevistas com gestores, traders e economistas de fundos de investimentos e instituições financeiras nacionais e estrangeiros.

O questionário é aplicado por meio de plataforma digital e divulgado de forma agregada, preservando o anonimato dos participantes.

PUBLICIDADE

Quer saber o que esperar da política nos próximos meses? Insira seu e-mail abaixo e receba, com exclusividade, o Barômetro do Poder – um resumo das projeções dos principais analistas políticos do país: