Destaque

InfoMoney fecha parceria exclusiva com CoinDesk para conteúdo sobre criptomoedas

Estratégia é oferecer conteúdo de qualidade e em tempo real sobre Bitcoin e outras moedas digitais, no Brasil e no exterior

Por  Equipe InfoMoney -

O InfoMoney acaba de assinar uma licença exclusiva com o CoinDesk, um dos principais sites do mundo sobre criptomoedas. Com isso, passa a representar e operar o Coindesk no Brasil, comercial e editorialmente.

A partir de janeiro, o InfoMoney terá um canal interno dentro do site com a assinatura CoinDesk, trazendo diariamente e em tempo real as principais notícias do Brasil e do mundo sobre o universo dos ativos digitais.

“Hoje, os brasileiros querem investir em cripto, mas o nível de conhecimento é muito baixo. Essa parceria nos coloca na posição de ser o principal ponto de apoio para essas pessoas, trazendo um conteúdo com olhar e qualidade internacional”, afirma Sergio Gwercman, CEO do InfoMoney.

Embora o Brasil lidere as intenções de compra de criptomoedas no mundo (30% dos brasileiros), 99% dos usuários de internet e possíveis clientes desse segmento no país não conseguem passar por um questionário simples que avalia o conhecimento básico sobre o tema. É o que mostra uma pesquisa realizada pela CryptoLiteracy.org, coalização de grandes players do segmento, incluindo CoinDesk, Coinme e Digital Currency Group, que tem como objetivo promover educação sobre cripto no mundo.

“Teremos o propósito de mudar essa realidade com conteúdo de alta qualidade”, diz Gwercman.

Além da parceria em si, o InfoMoney está investindo também na montagem de uma equipe comercial e de produção de conteúdo. Serão aproximadamente dez profissionais, entre jornalistas, especialistas e desenvolvedores no segmento, dedicados a tornar o CoinDesk Brasil a grande referência no tema cripto em um curto espaço de tempo.

“O mercado de cripto é global e nunca fecha. Isso muda o perfil da cobertura, que precisa ser 24 horas conectada para gerar uma visão rápida e assertiva das tendências dos criptoativos para os investidores. Agora, passamos a ter capacidade para produzir, em tempo real e diariamente, tudo o que é relevante no cenário internacional, por meio da adaptação dos conteúdos do CoinDesk, agregando a isso uma visão local. Estamos garantindo a mais completa cobertura do país”, explica o executivo.

Nesse cenário, a expectativa de Gwercman é que a parceria com o CoinDesk faça do InfoMoney o maior portal de cripto do Brasil. “A cobertura de cripto só do InfoMoney, com uma produção ainda reduzida, cresceu 250% neste semestre. Com esse acordo e a ampliação da nossa capacidade produtiva, alinhados a uma forte estratégia de distribuição (portal, social e SEO), vamos atingir essa meta”, completa.

Quer aprender a investir em criptoativos de graça, de forma prática e inteligente? Nós preparamos uma aula gratuita com o passo a passo. Clique aqui para assistir

Compartilhe