Inflação medida pelo IPC-Fipe acelera e atinge 0,24% no mês de setembro

Indicador ficou levemente abaixo das projeções do último relatório Focus, que apontava variação positiva de 0,25%

Por  Nathália A. Terra Pereira -

SÃO PAULO – O IPC-Fipe (Índice de Preços ao Consumidor) referente ao mês de setembro apontou inflação de 0,24%, taxa 0,17 ponto percentual acima da registrada em agosto, quando o indicador apresentou variação positiva de 0,07%.

Porém, a inflação registrada pelo indicador ficou levemente abaixo da expectativa de variação de 0,25%, divulgada no último relatório Focus do Banco Central.

O índice foi divulgado na manhã desta quarta-feira (3) pela Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas).

Habitação e Vestuário tiveram expressiva aceleração

Dos sete grupos que compõem o IPC-Fipe, três – Habitação, Vestuário e Transportes – tiveram acréscimos em suas taxas de variação em relação ao mês anterior, com destaque para o grupo Habitação, que variou positivamente em 1 ponto percentual.

GrupoSetembro/07
(em %)
Agosto/07
(em %)
Variação
(em pontos percentuais)
Habitação+0,22-0,82+1,00
Alimentação+0,68+1,46-0,78
Transportes-0,01-0,05+0,04
Despesas Pessoais+0,02+0,19-0,17
Saúde+0,14+0,67-0,53
Vestuário-0,07-1,05+0,98
Educação+0,05+0,07-0,02
IPC Geral+0,24+0,07+0,17

Fonte: Fipe

Metodologia do índice

O IPC é divulgado semanalmente pela Fipe. A pesquisa de preços é feita na cidade de São Paulo, entre pessoas que ganham entre 1 e 20 salários mínimos.

A cada divulgação, a semana a que se refere à coleta de dados substitui a primeira semana da coleta do período passado. No fim do mês, é calculada a taxa referente ao mês em questão sendo comparada com a taxa do mês anterior.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Compartilhe