Bolsas mundiais

Índices futuros americanos recuam após ata do Fomc, enquanto bolsas europeias têm leve alta

Investidores também monitoram movimento de criptomoedas após forte baixa da véspera

Por  Equipe InfoMoney

Os índices futuros americanos recuam nesta quinta-feira (20) de manhã, com os investidores absorvendo as sinalizações presentes nas minutas do Federal Reserve, além da queda acentuada do preço do Bitcoin.

Na quarta-feira, uma queda brusca no preço do Bitcoin, que chegou a recuar 30%, levou a uma sessão de altos e baixos nos Estados Unidos. Ações associadas a criptomoedas, como Tesla, Coinbase e MicroStrategy, puxaram a queda do mercado.

Não só criptomoedas, mas outras áreas do mercado associadas à forte liquidez tiveram quedas. A sessão foi marcada pela venda em massa em setores mais especulativos.

Leia também: Correção normal ou estouro de bolha? Analistas avaliam futuro do Bitcoin após a queda desta quarta-feira

A sessão de quarta também foi marcada pela divulgação das minutas da reunião do Fed de abril, que sugeriu a possibilidade de discutir (e reduzir) o seu programa de compra de ativos nos próximos meses.

Segundo a minuta: “Vários participantes sugeriram que, se a economia continuar a fazer rápido progresso em direção às metas do Comitê, pode ser apropriado começar a discutir um plano para ajustar o ritmo de compra de ativos em algum momento das próximas reuniões”.

O índice S&P caiu 1,6% em seu ponto mais baixo da sessão, mas recuperou a maior parte do valor, e fechou com queda de apenas 0,3%. O índice Dow chegou a perder 580 pontos, mas fechou a sessão com recuo de 160 pontos. O Nasdaq chegou a perder 1,7%, mas fechou estável.

As ações da Cisco caíram 5,62% após a fabricante de hardware para redes de data centers divulgar uma guidance abaixo do esperado para o trimestre em curso.

Nesta sessão, investidores aguardam pelos números mais recentes de pedidos de seguro-desemprego. A expectativa é de que indiquem o ritmo de recuperação do mercado de trabalho. Analistas ouvidos pela Dow Jones esperam 452 mil pedidos de benefícios para desempregados na semana encerrada em 15 de maio, um pouco abaixo dos 473 mil da semana anterior.

As bolsas asiáticas fecharam com resultados variados entre si na quinta-feira. As bolsas de Hong Kong e da Coreia do Sul tiveram quedas, após passarem a quarta-feira fechadas por conta de feriados. O Kospi, da Coreia do Sul, recuou 0,34%, enquanto que o Índice Hang Seng recuou 0,5%. O Nikkei, do Japão, subiu 0,19%; e o índice Shanghai, da China, recuou 0,11%.

As bolsas europeias têm altas nesta quinta, apesar da preocupação com quedas abruptas na Bitcoin e com a sinalização pelo Fed de que pode reduzir sua compra de ativos antes do esperado.

O índice Eurostoxx, que reúne as ações de 600 empresas de todos os principais setores de 17 países europeus, sobe 0,17%. Ações do setor de tecnologia sobem 1,2%, enquanto que aquelas do setor de seguros recuam 0,2%.

Veja o desempenho dos principais índices às 6h30 (horário de Brasília):
*S&P 500 Futuro (EUA), -0,65%
*Nasdaq Futuro (EUA), -0,52%
*Dow Jones Futuro (EUA), -0,65%
Europa
*Dax (Alemanha), +0,17%
*FTSE 100 (Reino Unido), -0,08%
*CAC 40 (França), +0,32%
*FTSE MIB (Itália), -0,15%
Ásia
*Nikkei (Japão), +0,19% (fechado)
*Hang Seng Index (Hong Kong), -0,5% (fechado)
*Kospi (Coreia do Sul), -0,34% (fechado)
*Shanghai SE (China), -0,11% (fechado)
Commodities e bitcoin
*Petróleo WTI, -2,09%, a US$ 64,12 o barril
*Petróleo Brent, -1,96% a US$ 67,36 o barril
*Bitcoin -11,96%, a US$ 39.703,69
**Contratos futuros do minério de ferro negociados na bolsa de Dalian com queda de 5,70%, cotados a 1142,5 iuanes, equivalente hoje a US$ 177,40 (nas últimas 24 horas).
USD/CNY = 6,44

Entre no grupo do InfoMoney no Telegram para ter acesso a este conteúdo e faça parte de uma comunidade de mais de 175 mil pessoas que acompanham a plataforma.

O Telegram do InfoMoney oferece gratuitamente uma cobertura em tempo real do mercado financeiro. Traz também análises e as principais notícias que movimentam as Bolsas, aqui e no exterior.

Compartilhe