Wall Street

Índices de ações dos EUA sobem quase 2% com alta de bancos e techs e esperança por pacote de estímulos

Presidente da Câmara indicou que as conversas para pacote de ajuda contra o coronavírus continuam e ajudou a animar os investidores

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Após a pequena recuperação de sexta-feira, os índices de ações dos Estados Unidos começaram a semana com fortes ganhos, em meio à esperança de um novo acordo de estímulo fiscal no país.

Nesta segunda-feira (28), o Dow Jones fechou com alta de 1,51%, a 27.583 pontos, enquanto o S&P 500 teve ganhos de 1,61%, para 3.351 pontos. Já o índice de tecnologia Nasdaq subiu 1,87%, a 11.117 pontos.

O bom humor neste pregão foi puxado pela declaração da presidente da Câmara, Nancy Pelosi, que afirmou no domingo que um acordo de última hora para a ajuda contra o coronavírus continua em discussão, enquanto os democratas da Câmara tentam avançar com um pacote de ajuda menor, com custo de cerca de US$ 2,4 trilhões.

Aprenda a investir na bolsa

Pelosi também disse que ela e o secretário do Tesouro, Steven Mnuchin, devem conversar hoje. Apesar do otimismo, o valor deste pacote ainda está bem acima do que a liderança republicana indicou que apoiaria.

Mesmo com as notícias, analistas seguem cautelosos e a expectativa ainda é que esse acordo fique para depois da eleição de 3 de novembro.

Entre as ações, no setor de tecnologia os ganhos foram superiores a 2%, colaborando para a alta dos índices. A Apple fechou com alta de 2,39%, enquanto a Amazon avançou 2,55%.

Já o Facebook e a Alphabet (dona do Google) fecharam o pregão com ganhos de 0,78% e 1,36%, respectivamente. A Microsoft, por sua vez, subiu 0,83%.

Ações de bancos também contribuíram para os ganhos de segunda-feira. JPMorgan Chase, Bank of America, Citigroup, Goldman Sachs e Morgan Stanley tiveram valorização de mais de 2%.

Operação Stock Pickers: série gratuita explica como você pode ingressar e construir uma carreira bem remunerada no mercado de investimentos

PUBLICIDADE