VIX

Índice do medo desaba mais de 7% e atinge seu menor nível em 24 anos

Mesmo em dia de queda nos principais índices do mundo, índice VIX segue sua derrocada e volta para o patamar de um dígito

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – O VIX, conhecido também como “índice do medo” registra seu menor patamar em 24 anos na tarde desta segunda-feira (8) ao desabar mais de 7% e atingir o nível de 9,72 na mínima do dia – valor não visto desde 1993. O índice se baseia nos contratos de opções sobre ações do S&P 500 negociadas na bolsa de Chicago.

O índice só fechou em níveis de um dígito 10 vezes na história, sendo o mais recente em 9,82. A média histórica do VIX é de 20 e continua caindo diante dos seguidos recordes da bolsa americana desde a vitória do presidente Donald Trump, em novembro do ano passado.

Apesar da queda registrada nesta sessão, tanto o Nasdaq quando o S&P 500 chegaram a tocar em novas máximas nesta manhã. A eleição na França ontem, com a vitória do centrista Emmanuel Macron, ajudou a amenizar uma das maiores preocupações do mercado com o crescimento do populismo na Europa, que ameaçava desestabilizar a União Européia e o euro.

Entenda o VIX

O índice mede a volatilidade das opções sobre ações do S&P 500 negociadas na bolsa de Chicago — a CBOE (Chicago Board of Options Exchange) –, e indica momentos de grande nervosismo do mercado. As opções são naturalmente voláteis, mas costumam ganhar ainda mais volatilidade em momentos de dificuldade — quando o mercado entra em quedas.