Bolsa fechada no Brasil

Índice de ADRs brasileiros cai até 4% com mau humor nos EUA após resultados e ameaça de Trump contra China

Ativos brasileiros seguem cenário externo fraco após um mês de abril de recuperação nas bolsas globais

New York Stock Exchange (NYSE) stocks mercado ações índices bolsa baixa queda
(Getty Images)

SÃO PAULO – Em dia de feriado no Brasil, com a B3 fechada, o principal índice de ADRs (na prática, as ações de empresas de fora dos EUA negociadas em Nova York) do Brasil registra queda seguindo o dia de mau humor no exterior após resultados piores que o esperado e acusações do presidente Donald Trump contra a China.

Às 11h, o Dow Jones Brazil Titans 20 ADR tinha queda de 4,05%, a 11.610 pontos – chegando a cair até 4,6%. Já o ETF EWZ iShares MSCI Brazil Capped, que replica o Ibovespa em dólar, recua 3,40%, a US$ 23,83.

Enquanto isso, os índices americanos registram perdas de cerca de 2%. No mesmo horário, o Dow Jones tinha queda de 1,88%, a 23.890 pontos, enquanto o S&P 500 e Nasdaq caem 1,97% e 2,05%, respectivamente.

PUBLICIDADE

Entre os fatores que pressionam os mercados esta a nova declaração feita por Trump de que a pandemia do novo coronavírus, na verdade, teve início em um laboratório na China. Outras autoridades e grande parte dos especialistas, porém, dizem que a doença começou de animais na cidade de Wuhan.

O presidente americano afirmou ainda que descobrir a verdade sobre a questão do coronavírus na China é uma prioridade maior do que os esforços feitos pelo seu governo para alcançar um acordo comercial.

Segundo o jornal Washington Post, autoridades americanas estão começando a elaborar planos para “punir” ou exigir indenização da China pelo surto. A publicação diz que algumas autoridades do país chegaram a sugerir o cancelamento de parte de suas obrigações com os chineses.

De acordo com a Reuters, Trump disse a jornalistas que pode tomar atitudes, incluindo aplicar novas tarifas contra produtos chineses como forma de obter uma indenização pela pandemia.

Confira o desempenho dos ADRs no feriado:

EmpresaVariaçãoPeso no índice
Vale-2,91%13,47%
Itaú-3,14%10,73%
Bradesco-4,12%8,55%
Petrobras PBRA (preferencial)-4,80%7,20%
Telefônica Brasil-0,49%7,03%
Ambev-0,70%5,36%
Sabesp-3,15%5,12%
Gerdau-4,19%4,53%
Petrobras PBR (ordinária)-4,70%4,43%
BRF-1,96%4,24%
Ultrapar-5,43%3,88%
TIM Participações-3,92%3,77%
Pão de Açúcar-2,46%3,70%
Cemig-4,07%3,53%
Santander Brasil-4,68%3,48%
Eletrobras-4,04%2,97%
Embraer-5,77%2,22%
Copel-4,82%2,1%
CSN-6,25%1,66%
Azul-10,88%1,43%
Gol-8,89%0,56%

A temporada de resultados também pesa no mercado americano. A Apple reportou ganhos trimestrais que superaram as expectativas dos analistas, mas seu crescimento de receita permaneceu estável na base anual.

PUBLICIDADE

Além disso, a empresa não ofereceu orientações para o trimestre encerrado em junho, em meio à incerteza sobre o surto do coronavírus. Com isso, as ações da gigante da tecnologia são negociadas com leve queda.

Outra companhia que apresentou seu balanço foi a Amazon, que vê suas ações caírem mais de 6% após anunciar planos de gastar todos os seus lucros do segundo trimestre como resposta ao coronavírus. A gigante do comércio eletrônico também registrou um lucro no primeiro trimestre que ficou abaixo do esperado.

Tanto a Apple quanto a Amazon estão entre as empresas que lideraram o retorno do S&P 500 no mês passado. A Amazon subiu quase 27% em abril, enquanto a Apple saltou 15,3%.

Tudo o que você precisa saber para lucrar na Bolsa de Valores operando da sua casa em um curso gratuito: clique aqui e participe!