Inadimplência na Califórnia deixa mercado em alerta

Conteúdo do Portal InfoMoney – Editoria Mercados

Por  Equipe InfoMoney

Os mercados de ações norte-americanos, antes preocupado com uma possível recessão econômica, voltam os olhos agora para o sistema bancário, já que no final da semana passada circularam rumores de dificuldades por parte do Bank of America em virtude da inadimplência de clientes.

Nada foi confirmado, mas realmente alguns dos clientes do Bank of America vêm passando por dificuldades dificuldades. São as companhias de distribuição de energia elétrica do Estado da Califórnia, por uma questão de regulamentação do setor no Estado. O governo liberou os preços da energia no atacado, ou seja, as empresas geradoras podem cobrar o preço praticado no mercado de seus clientes, no caso as distribuidoras, o que levou a um descompasso entre receitas e despesas com aquisição de energia. As distribuidoras, no entanto, têm seu preço de venda de energia controlado, fazendo com que haja uma variável a mais nos preços da energia comprada. Com o forte ritmo de crescimento do Estado nos últimos anos, a energia gerada não foi suficiente para atender a quantidade demandada, levando os preços para a estratosfera. O consumidor final, sem sentir o aumento nos preços, não foi estimulado a reduzir seus gastos de energia, tornando a situação praticamente insustentável.

Este fato por si só não é suficiente para determinar problemas dos bancos com créditos “podres”, mas sem dúvida aflorou num momento pouco oportuno para os mercados. As conseqüências da deterioração na qualidade do crédito dos bancos norte-americanos seriam bastante negativas para os mercados de ações.

Compartilhe