Bolsa

Ibovespa sobe e dólar cai 1,7% depois de dado muito fraco de emprego nos EUA

Mercado opera em alta com nova delação de Cerveró comprometendo Dilma e dado extremamente fraco nos EUA

SÃO PAULO – O Ibovespa opera em forte alta nesta sexta-feira (3), estendendo os ganhos dos últimos dois pregões com um número extremamente fraco de emprego nos EUA. Por aqui, fica no radar a delação do ex-diretor internacional da Petrobras, Nestor Cerveró, que sugeriu que a presidente afastada Dilma Rousseff sabia sobre os problemas na compra da refinaria de Pasadena. Além disso, o presidente interino Michel Temer, já admite que o governo pode ser obrigado a recriar a CPMF após estudos sugerirem que reajuste dos servidores do Judiciário podem superar as estimativas. 

Às 14h44 (horário de Brasília), o benchmark da bolsa brasileira tinha ganhos de 0,95%, a 50.362 pontos. Já o dólar comercial recua 1,54% a R$ 3,5324 na venda, enquanto o dólar futuro para julho tem queda de 1,70% a R$ 3,563. No mercado de juros futuros, o DI para janeiro de 2017 cai 4 pontos-base a 13,58%, enquanto o DI para janeiro de 2021 registra perdas de 24 pontos-base a 12,42%. 

Lá fora, as bolsas norte-americanas caem, mesmo movimento que foi registrado pelas bolsas europeias. O recuo mostra que os investidores estrangeiros viram o Relatório de Emprego decepcionante nos EUA mais pelo lado de colocar em dúvida a recuperação econômica do país do que como uma boa indicação de que o Federal Reserve não elevará os juros nesta reunião de junho, e provavelmente também não o fará em julho. 

Fato é que as apostas de aumento de juros mudaram muito depois da divulgação do dado. Ontem, a curva de juros dos títulos do Tesouro norte-americano apontava 22% de chance de uma elevação das taxas nos EUA em junho. Hoje esse número caiu para 4%. Já para julho, as apostas caíram de 50% para 30% de ontem para hoje. 

Entrevista de Temer
Em entrevista ao SBT, Michel Temer disse não descartar a volta da CPMF e afirmou que a idade mínima para a aposentadoria também deve valer para os servidores públicos. Além disso, ele também falou sobre o processo de impeachment de Dilma. “As informações que eu tenho recebido são que 60 votos no Senado estão a favor do impedimento definitivo”, afirma.

Placar do jornal O Estado de S. Paulo mostra 35 votos a favor do impeachment no Senado e 18 contra. Entre os demais senadores, 9 não foram encontrados e 12 não quiseram responder.  

S&P comenta governo Temer
A agência de classificação de risco Standard & Poor’s afirmou em nota nesta quinta, que o fato de o vice-presidente Michel Temer ter se tornado presidente em exercício cria uma “janela de oportunidade” para encerrar um período duradouro de recessão no Brasil. Na avaliação da agência, Temer tem “um diagnóstico claro dos problemas que o Brasil enfrenta” e também é um articulador político experiente, “provavelmente uma das poucas pessoas no Brasil capazes de obter apoio congressual para as medidas que precisam ser tomadas”.

A S&P diz que o diagnóstico e as medidas que Temer tem em mente podem ser inferidos pelo documento do PMDB “Uma ponte para o futuro”, publicado em outubro de 2015. As políticas incluem reforma fiscal e também uma reforma mais ampla do papel do Estado na economia. “A ênfase nessas reformas disseminadas está correta, em nossa visão, tanto pela atual estagflação do Brasil e por seu mais secular declínio no crescimento desde o fim dos anos 1970”, diz a agência, que vê nesse caso um problema de expansão fiscal e um papel deficiente do governo para impulsionar a capacidade do setor privado, segundo o economista-chefe de América Latina da S&P, Joaquin Cottani. Na avaliação da agência, se metade do que está proposto no documento for alcançado, a economia brasileira pareceria bem melhor do que atualmente.

Relatório de emprego dos EUA
O Departamento de Trabalho dos Estados Unidos publicou nesta sexta-feira os dados de emprego na maior economia do mundo durante o mês de maio. A taxa de desemprego foi de 4,7%, contra os 5% registrados em março. Já a criação de empregos excetuando-se agricultura e pecuária – os famosos nonfarm payrolls – indicaram a geração de 38 mil novos empregos em maio. As expectativas do mercado eram de que fossem criados 160 mil novos postos.

PUBLICIDADE

Além disso, os ganhos por hora trabalhada subiram 0,2% em abril, em linha com as previsões dos economistas. O mercado sempre observa com atenção os relatórios de emprego dos EUA à espera de indicações sobre uma recuperação mais forte ou mais fraca da economia do país. Se os dados vêm mais altos do que o esperado as interpretações são de que a chance do Federal Reserve elevar os juros mais cedo este ano aumentem.

Ações em destaque
As ações da Vale (VALE3, R$ 15,91, +6,42%; VALE5, R$ 12,33, +5,20%) sobem em meio a fortes ganhos do minério de ferro spot (à vista), negociado no porto de Qingdao com 62% de pureza, fechou em alta de 3,94%, a US$ 50,08 a tonelada seca.  A cotação do minério é um importante balizador para o desempenho das ações da Vale, já que é o seu principal produto. 

Além disso, a “novela” sobre uma possível mudança no comando da Vale segue no noticiário. Segundo a Folha de S. Paulo, chamado para uma conversa com o presidente interino Michel Temer em 21 de maio, Luiz Carlos Trabuco, presidente do Bradesco, expôs o sentimento do banco e de outros controladores da mineradora: uma troca repercutiria mal em Wall Street.  Sócios defendem que Ferreira conclua o mandato (2017) e lamentam que o PMDB tenha poder de mexer em uma empresa do porte da Vale. De acordo com a Folha, o governo planeja trocar o comando da Vale apenas a votação do impeachment. 

Já as ações da Petrobras (PETR3, R$ 10,71, +0,09%; PETR4, R$ 8,51, +1,31%), seguem em alta, descolando-se dos preços do petróleo. O barril do WTI (West Texas Intermediate) cai 0,92% a US$ 48,72, ao mesmo tempo em que o barril do Brent tinha perdas de 0,82% a US$ 49,63. 

As maiores altas dentre as ações que compõem o Ibovespa são:

Cód.AtivoCot R$% Dia
 VALE3 VALE ON15,91+6,42
 GGBR4 GERDAU PN6,09+5,91
 CYRE3 CYRELA REALTON10,44+5,45
 VALE5 VALE PNA12,35+5,38
 SMLE3 SMILES ON41,83+5,07

 

 

Dentro do setor mais pesado no Ibovespa, o financeiro, bancos grandes sobem. Itaú Unibanco (ITUB4, R$ 29,88, +0,27%), Bradesco (BBDC3, R$ 25,60, +1,59%; BBDC4, R$ 24,07, +0,50%) e Banco do Brasil (BBAS3, R$ 17,08, +1,07%) avançam. Juntas, as quatro ações respondem por pouco mais de 20% da participação na carteira teórica do nosso benchmark.

As maiores baixas dentre as ações que compõem o Ibovespa são:

Cód.AtivoCot R$% Dia
 FIBR3FIBRIA ON31,49-6,00
 SUZB5SUZANO PAPELPNA13,73-4,12
 KLBN11KLABIN S/A UNT N217,24-2,98
 EMBR3EMBRAER ON18,60-2,31
 NATU3NATURA ON23,85-1,45

PUBLICIDADE

 

Entre as quedas estavam as exportadoras de papel e celulose. Fibria (FIBR3, R$ 31,49, -6,00%) e Suzano (SUZB5, R$ 13,74, -4,05%) recuam por conta do desempenho negativo do dólar. Por possuírem suas receitas na moeda norte-americana, essas empresas têm as suas rentabilidades reduzidas quando há desvalorização da divisa dos EUA ante o real.

Dados da Europa
As vendas no varejo da zona do euro ficaram estáveis em abril ante março, segundo dados publicados hoje pela agência de estatísticas da União Europeia, a Eurostat. O resultado veio abaixo da expectativa de analistas consultados pela Dow Jones Newswires, que previam avanço de 0,3%. Na comparação anual, as vendas no setor varejista do bloco europeu avançaram 1,4% em abril. A Eurostat também revisou os dados de vendas de março, para queda mensal de 0,6% ante -0,5% do dado original e de +2,4% para +1,8% na comparação anual.

PMI da China
Ontem às 22h45 saiu o PMI (Índice Gerente de Compras, na sigla em inglês) do setor de Serviços na China em maio. O PMI ficou em 53,1 pontos, ante uma pontuação de 51,8 pontos em abril. Vale lembrar que no PMI números acima de 50 pontos indicam crescimento econômico e abaixo de 50 mostram retração. 

Reações a Temer e novas delações
Já no Brasil, destaque para a delação do ex-diretor internacional da Petrobras Nestor Cerveró, que sugeriu em delação que Dilma sabia sobre Pasadena, dizem os jornais. Já em entrevista ao SBT Brasil, o presidente interino Michel Temer não descartou a volta da CPMF, mas garantindo que, se ocorrer, será de forma temporária. Ele também defendeu idade mínima para aposentadoria.