Bolsa

Ibovespa acelera queda após esboçar zerar perdas com aprovação da reforma na CCJ

Dado dos EUA ofusca a já esperada votação da Previdência, que ainda hoje pode ser aprovada no plenário do Senado

Painel de ações e gráfico (Crédito: Shutterstock)

SÃO PAULO – O Ibovespa opera em queda nesta terça-feira (1) puxado por bancos (Itaú cai 1,61%, Bradesco recua 1,68% e Banco do Brasil tem queda de 1,06%) após chegar a zerar perdas após a aprovação da reforma da Previdência na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado por 17 votos a 9.

Depois da aprovação da reforma na CCJ, o texto segue para o plenário e está pronto para ser votado até o fim da noite desta terça.

Lá fora, as bolsas seguem repercutindo o pior dado industrial dos Estados Unidos em dez anos. Para conferir destaques de ações, clique aqui.

PUBLICIDADE

Às 15h38 (horário de Brasília) o principal índice da B3 registrava perdas de 0,73% a 103.983 pontos.

Enquanto isso, o dólar comercial sobe 0,19% a R$ 4,1614 na compra e a R$ 4,1632 na venda. O dólar futuro para novembro tinha alta de 0,18% a R$ 4,168.

O Instituto para Gestão da Oferta (ISM, na sigla em inglês) nos EUA revelou que a atividade manufatureira do país se contraiu ao pior nível desde junho de 2009 no mês passado, graças ao impacto da guerra comercial com a China.

Em setembro, o índice ISM Manufacturing caiu de 49,1 pontos para 47,8 pontos, ante expectativas de que tivesse uma expansão para 50,2 pontos. Ou seja, a atividade industrial americana foi bem pior do que a esperada no período, o que se aumenta a possibilidade do Federal Reserve cortar as taxas de juros e estimular a economia, também gera preocupações de que os EUA estejam caminhando para uma recessão.

Também no exterior, o Japão elevou o imposto sobre consumo de 8% para 10%, reavivando temores a respeito da economia. Duas outras vezes em que os japoneses aumentaram taxas sobre o consumo tiveram como consequência recessões na segunda maior economia da Ásia.

O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, prometeu equilibrar as contas públicas do país até 2025, após décadas de déficits fiscais que levaram o Japão a formar uma dívida que é mais que o dobro do Produto Interno Bruto (PIB).

PUBLICIDADE

No mercado de juros futuros, os DIs viram para queda após passarem boa parte da sessão em alta em meio à produção industrial mais forte que a esperada aqui no Brasil. O DI para janeiro de 2021 fica estável a 4,96%, ao passo que o DI para janeiro de 2023 registra uma variação negativa de dois pontos-base a 6,04%.

Em agosto, a produção industrial medida pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) cresceu 0,8%, bem acima da projeção indicada pelo consenso Bloomberg, que era de expansão de 0,2% no mês.  Na série sem ajuste sazonal, no confronto com agosto de 2018, o total da indústria apontou redução de 2,3% em agosto de 2019.

Reforma da Previdência

A nova versão do relatório do senador Tasso Jereissati (PSDB-CE), que foi aprovada na CCJ hoje, rejeitou todas as emendas que foram apresentadas desde que a reforma chegou ao plenário da Casa, no início de setembro.

Desde que foi aprovada pela Câmara, a reforma da Previdência já foi desidratada em R$ 56,8 bilhões, de acordo com cálculos da equipe econômica. O relator do Senado fez algumas alterações. As mais significativas foram garantir o piso de um salário mínimo para pensão por morte e manter os critérios de pagamento do Benefício de Prestação Continuada (BPC).

No plenário, o governo vai tentar retirar da proposta o item que dá autonomia a Estados e municípios para criarem alíquotas extraordinárias na contribuição de servidores públicos. A mudança foi feita por Tasso Jereissati por meio de emenda de redação, mas foi contestada por técnicos legislativos, pois mexeria no conteúdo da proposta e exigiria o retorno do texto à Câmara dos Deputados.

Noticiário Corporativo

A Petrobras (PETR3; PETR4) fechou com a empresa Central Resources do Brasil Produção de Petróleo Ltda contratos para a venda da totalidade de sua participação nos campos terrestres de Ponta do Mel e Redonda, localizados no Estado do Rio Grande do Norte. O valor da venda é de US$ 7,2 milhões, a serem pagos integralmente no fechamento da transação, sem considerar os ajustes devidos.

A petroleira comunicou ainda ter concluído a devolução das concessões da distribuidora de gás que a estatal brasileira mantinha no Uruguai ao governo uruguaio. Segundo nota, a subsidiária Petrobras Uruguay Sociedad Anónima de Inversiones (Pusai) transferiu suas ações nas empresas Distribuidora de Gas de Montevideo S.A. (DGM) e Conecta S.A. ao Estado uruguaio. Com isso, a Petrobras sai do segmento de distribuição de gás natural no Uruguai.

O Ministério Público Federal informou que recorreu da decisão em que a Justiça Federal excluiu oito integrantes da alta cúpula da mineradora Samarco do julgamento sobre a tragédia de Mariana (MG). Eles eram acusados de ter participado de decisões que culminaram no rompimento da barragem em novembro de 2015. No episódio, 39 milhões de metros cúbicos de lama vazaram, provocando 19 mortes e a poluição na bacia do Rio Doce.

Por fim, o empresário Eike Batista foi condenado a 8 anos e 7 meses de prisão pelos crimes de uso de informação privilegiada e manipulação de mercado. A sentença também estabelece multa de R$ 31,5 milhões. O empresário deverá ainda reparar os prejuízos causados a investidores, no valor de R$ 82,8 milhões acrescido das devidas atualizações e correções monetárias.

(Com Agência Estado, Agência Brasil, Agência Senado e Bloomberg)

 

Invista melhor seu dinheiro. Abra uma conta na Clear com taxa ZERO para corretagem de ações