Comentário diário

Ibovespa sobe 1% com reflexo do “efeito Fed”, mas dólar fecha na máxima com risco-Trump

Mercado subiu, mas ficou longe dos ganhos vistos na manhã, ainda de olho no cenário externo; DIs desabam com chance de corte da Selic em outubro

SÃO PAULO – O Ibovespa fechou em alta nesta quinta-feira (22), mas devolveu ao longo do pregão boa parte dos ganhos mostrados no período da manhã, ao mesmo tempo em que o dólar subiu e terminou o dia na sua máxima. Os analistas são praticamente unânimes em afirmar que o que impulsionou as compras nas ações foi um reflexo do movimento de ontem, quando as bolsas no mundo todo subiram por conta das decisões do Federal Reserve e do banco central japonês. O Bank of Japan deixou a janela aberta até para um corte de juros caso a curva dos juros dos bonds de 10 anos do país saia da meta da autoridade monetária. Já o Fed reduziu de 3 para 2 as projeções de alta nas taxas em 2017.

As bolsas dos EUA subiram, com os índices Dow Jones, S&P 500 e Nasdaq registrando ganhos de respectivamente 0,54%, 0,65% e 0,84%. No caso deste último, ele bateu sua máxima histórica pela segunda sessão consecutiva. 

O benchmark da bolsa brasileira subiu 1,03%, a 58.994 pontos. O volume financeiro negociado foi de R$ 6,576 bilhões. Já o dólar comercial apresentou ganhos de 0,45% a R$ 3,2248 na compra e a R$ 3,2258 na venda, enquanto o dólar futuro para outubro tem alta de 0,68% a R$ 3,235 no after-market. 

De acordo com o diretor da mesa de trade da corretora Mirae Asset, Pablo Stipanicic Spyer, a redução dos ganhos da Bolsa e o aumento das compras de dólar ocorreram por preocupações com as eleições norte-americanas. Segundo ele, a possibilidade de que o candidato republicano, Donald Trump, vença o pleito presidencial deixa investidores nervosos, já que Trump criticou de forma veemente a política monetária da presidente do Federal Reserve, Janet Yellen, dizendo que ela mantém os juros baixos nos EUA para ajudar o presidente Barack Obama. 

“Começou a entrar nos mercados uma nova variável exógena, que é a possibilidade cada vez mais próxima do Trump ganhar as eleições. Esses ataques oportunistas no discurso do Trump e a campanha da [candidata democrata] Hillary Clinton falhando vão dar mais sustentabilidade para a vitória do Trump”, afirma. 

Spyer também acredita que houve exagero nas últimas altas da Bolsa, com os investidores vendo um cenário excessivamente otimista à frente, com EUA mantendo os juros no patamar atual durante muito tempo e as reformas necessárias para a retomada econômica sendo aprovadas.  

No mercado de juros futuros, o DI para janeiro de 2018 cai 9 pontos-base a 12,26%, ao passo que o DI para janeiro de 2021 recua 13 pontos-base a 11,73% também no after-market. Os DIs mergulharam depois da divulgação do IPCA-15 (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), que registrou avanço de 0,23%, abaixo das expectativas medianas dos economistas, aumentando as chances de corte da Selic na reunião do Copom (Comitê de Política Monetária) de outubro.

IPCA
IPCA-15 avançou 0,23% entre os dias 15 de agosto e 15 de setembro, frente aos 0,33% de alta esperados pela mediana das projeções dos economistas e frente à alta de 0,45% no período anterior, informou o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) nesta quinta.

Em 12 meses, o avanço da inflação foi de 8,78% contra os 8,95% registrados no período anterior. Para o acumulado em 12 meses, a expectativa da mediana dos analistas era de um avanço nos preços em torno de 8,90%. No acumulado do ano o crescimento da inflação é de 5,90%.

PUBLICIDADE

Lava Jato
A PF (Polícia Federal) deflagrou a 34ª fase da Operação Lava Jato na manhã desta quinta-feira. A Operação cumpriu mandados no DF, São Paulo, Rio, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Bahia. A ação foi batizada de Operação Arquivo X e o ex-ministro da Fazenda Guido Mantega foi preso temporariamente em São Paulo. O mandado tem prazo de cinco dias, podendo ser prorrogado pelo mesmo período ou convertido em preventivo, que é quando o preso fica detido por tempo indeterminado. Veja mais clicando aqui.

Ações em destaque
As ações da Petrobras (PETR3, R$ 15,54, +1,30%; PETR4, R$ 14,00, +2,49%) acompanharam a alta dos preços do petróleo e uma elevação de recomendação pelo GBM para “market perform” (desempenho em linha com a média). Os papéis da companhia já tiveram preço-alvo revisto para cima ou elevação de recomendação por ao menos sete instituições financeiras de peso nas últimas três semanas.

Ainda no noticiário da companhia, destaque para as informações de que a venda da fatia da estatal na Braskem depende de uma negociação com os futuros sócios remanescentes para que sejam transferidos ao comprador vários direitos que a estatal tem na direção da companhia. Conforme conta o jornal Folha de S. Paulo, sem a negociação, a cúpula da estatal avalia que a venda perderia valor de mercado e não faria sentido.

O petróleo registra ganhos hoje, com o barril do WTI (West Texas Intermediate) subindo 1,72% a US$ 46,12, enquanto o barril do Brent apresenta alta de 1,69% a US$ 48,09. 

As maiores altas, dentre as ações que compõem o Índice Bovespa, foram:

 Cód.AtivoCot R$% Dia% Ano
 CMIG4 CEMIG PN9,09+3,30+60,30
 CCRO3 CCR SA ON17,00+3,22+38,27
 PCAR4 P.ACUCAR-CBDPN54,00+2,88+29,04
 BBSE3 BBSEGURIDADEON31,03+2,85+35,55
 ECOR3 ECORODOVIAS ON8,84+2,67+73,67

 

 

Já a Vale (VALE3, R$ 17,55, -0,57%; VALE5, R$ 15,24, -0,20%), por outro lado, caiu apesar da alta do minério de ferro. A commodity spot com 62% de pureza e entrega no porto de Qingdao teve alta de 0,84% a US$ 56,34 a tonelada seca.

PUBLICIDADE

As maiores baixas, dentre os papéis que compõem o Índice Bovespa, foram:

 Cód.AtivoCot R$% Dia% Ano
 FIBR3FIBRIA ON20,94-4,21-58,93
 RENT3LOCALIZA ON40,73-2,47+66,99
 RADL3RAIADROGASILON67,58-2,34+91,47
 GOAU4GERDAU MET PN3,61-2,17+117,47
 USIM5USIMINAS PNA3,61-1,10+132,90

 

 

 

Entre as quedas estiveram as exportadoras de papel e celulose. Fibria (FIBR3, R$ 20,94, -4,21%) e Suzano (SUZB5, R$ 9,49, -0,94%) fecharam em baixa mesmo após a virada do dólar. 

As ações mais negociadas, dentre as que compõem o índice Bovespa, foram:

 CódigoAtivoCot R$Var %Vol1
 PETR4PETROBRAS PN14,00+2,49661,75M
 ITUB4ITAUUNIBANCOPN36,22+1,60326,66M
 VALE5VALE PNA15,24-0,20294,02M
 BBDC4BRADESCO PN29,67+1,92258,37M
 ABEV3AMBEV S/A ON19,67+1,08201,36M
 BBAS3BRASIL ON EJ23,45+0,47158,75M
 GOAU4GERDAU MET PN3,61-2,17154,46M
 PETR3PETROBRAS ON15,54+1,30151,61M
 ITSA4ITAUSA PN8,58+1,54151,00M
 CPFE3CPFL ENERGIAON24,30-0,08142,85M

* – Lote de mil ações 
1 – Em reais (K – Mil | M – Milhão | B – Bilhão)
 

Dados dos EUA
Com um peso menor depois do Fed, hoje saíram os pedidos de auxílio-desemprego na última semana, que ficaram em 252 mil, contra os 262 mil esperados segundo a mediana das projeções dos economistas. Às 11h foram divulgadas as vendas de imóveis usados nos EUA, que foram 5,33 milhões em agosto, ante expectativa de 5,5 milhões de vendas naquele mês. Em julho foram registradas 5,39 milhões de vendas. 

PUBLICIDADE