Resumo da Bolsa

Ibovespa salta 3,7% e dólar cai com aceno de Bolsonaro para aprovação da reforma da Previdência

Índice ganhou força ao longo do pregão com ajuda do mercado externo e fechou próximo da máxima do dia

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Após o pregão de realização na véspera, o Ibovespa voltou a subir forte nesta terça-feira (30) com o mercado reagindo aos primeiro pronunciamentos de Jair Bolsonaro (PSL) e sua futura equipe, em especial a demonstração de que a reforma da Previdência será uma prioridade, com tentativa de aprovação ainda este ano. A alta de mais de 1% dos índices nos Estados Unidos também colaborou para os ganhos por aqui  

O benchmark da bolsa brasileira fechou com forte alta de 3,69%, aos 86.885 pontos, praticamente na máxima do dia, atingindo seu maior nível desde 12 de março. Com isso, o índice registrou sua maior alta diária desde o pregão pós-primeiro turno, quando saltou 4,82%. O volume financeiro ficou em R$ 20,483 bilhões.

O contrato de dólar futuro com vencimento em novembro teve queda de 0,75%, cotado a R$ 3,689, enquanto o dólar comercial caiu 0,40%, para R$ 3,6906 na venda. 

PUBLICIDADE

Bolsonaro disse que pretende agilizar as negociações para aprovação da reforma da Previdência ainda neste ano, ou pelo menos parte dela. “O comprometimento com a agenda econômica e priorização da mesma é um forte sinal na direção do mercado, mesmo que a execução disso ainda seja complexa em 2018”, avalia o time da XP Research.

A fala dele reforçaria um compromisso fiscal e com uma agenda de reformas econômicas, além de sinalizar para a disposição do novo governo em levar adiante a reforma de Temer no início de 2019 e posteriormente promover alterações em direção à linha de preferência da futura equipe econômica, para o regime de capitalização.

Embora a intenção seja vista como positiva pelo mercado, a implementação é mais complicada do que pode parecer. “A chance de aprovação [anda neste ano] é baixa. Não é zero, mas não é muito alta. Mas vejo essa mudança de posição como importante para o início do ano que vem”, observou Ricardo Ribeiro, analista político da MCM Consultores.

Proteja-se das instabilidades: abra uma conta gratuita na XP, a melhor assessoria de investimentos do Brasil

Para a XP Investimentos, é “sem dúvida” bom sinal que Bolsonaro persiga o ajuste fiscal falando como presidente eleito e, em sua conta de votos, o governo Temer teria como potencial em dezembro eram 296 (de 308 necessários), na última tentativa de pautar o tema.

Em que pesem as teses mirabolantes da época, o fato é que a reforma não foi pautada porque Temer já não tinha os votos necessários. A situação é outra hoje, mas por ora nem o clima em Brasília e nem a matemática ajudam na perspectiva de aprovação da reforma da Previdência neste ano.

PUBLICIDADE

No caso do dólar, declarações do futuro ministro da Fazenda, Paulo Guedes, fizeram o dólar descer ao patamar de R$ 3,68 por um momento. Ele negou que planeja usar as reservas internacionais do país, a não ser caso ocorra um ataque especulativo que fizesse o dólar disparar para R$ 5.

Destaques da Bolsa

As ações da Telefônica (VIVT4dispararam após a divulgação de resultado do terceiro trimestre. Os papéis da Embraer (EMBR3) subiram com prejuízo menor do que o reportado no mesmo período de 2017 e expectativas sobre a aprovação da união com a Boeing. 

As ações da Petrobras (PETR4PETR4) fecharam em alta após a ANP anunciar a redução do preço do diesel em 10,1%, ignorando a queda dos preços do petróleo no exterior pressionados pela fraqueza dos mercados acionários globais e por sinais de aumento na oferta global, apesar das sanções contra as exportações de petróleo do Irã estarem próximas.

As maiores altas, dentre as ações que compõem o índice Bovespa, foram:

 Cód.AtivoCot R$% Dia% AnoVol1
 VIVT4 TELEF BRASILPN43,09+14,36-4,36178,21M
 BTOW3 B2W DIGITAL ON35,31+9,39+72,24132,10M
 UGPA3 ULTRAPAR ON45,32+8,68-38,07219,88M
 LREN3 LOJAS RENNERON38,21+8,49+8,41247,18M
 TIMP3 TIM PART S/AON11,71+8,33-9,07110,90M

As maiores baixas, dentre os papéis que compõem o índice Bovespa, foram:

 Cód.AtivoCot R$% Dia% AnoVol1
 SUZB3 SUZANO PAPELON36,58-3,53+96,66245,61M
 SBSP3 SABESP ON27,71-2,08-16,8994,64M
 BRKM5 BRASKEM PNA48,82-1,47+18,79112,74M
 CMIG4 CEMIG PN11,26-1,14+74,20377,77M
 FIBR3 FIBRIA ON70,67-1,02+48,69143,25M

As ações mais negociadas, dentre as que compõem o índice Bovespa, foram:

 CódigoAtivoCot R$Var %Vol1Vol 30d1Neg 
 PETR4 PETROBRAS PN N228,00+5,982,90B2,51B101.392 
 ITUB4 ITAUUNIBANCOPN49,49+2,931,40B843,96M65.176 
 VALE3 VALE ON53,87+1,451,28B1,10B48.381 
 BBAS3 BRASIL ON43,10+2,94953,79M796,09M51.469 
 BBDC4 BRADESCO PN34,75+3,89860,62M614,79M63.116 
 PETR3 PETROBRAS ON N230,52+5,53662,87M404,10M33.617 
 B3SA3 B3 ON26,40+5,18564,25M323,99M45.777 
 ABEV3 AMBEV S/A ON16,05+4,02554,60M371,00M59.225 
 ITSA4 ITAUSA PN11,31+3,86530,26M312,71M53.903 
 CMIG4 CEMIG PN11,26-1,14377,77M287,96M42.241 

* – Lote de mil ações
1 – Em reais (K – Mil | M – Milhão | B – Bilhão)
IBOVESPA