Em baixa

Ibovespa intensifica perdas e fecha em baixa de 1,10%, aos 57.563 pontos

Dia foi marcado pela volatilidade do mercado, MMX lidera ganhos, enquanto Marfrig tem maiores perdas

arrow_forwardMais sobre
Painel de vendas de ações
(Shutterstock)

SÃO PAULO – Depois da forte alta de 1,27% na segunda-feira (3), o Ibovespa teve forte volatilidade nesta sessão, antes de firmar-se no campo negativo e permanecer até o fechamento desta terça-feira (4) em baixa. O índice fechou em queda de 1,10%, aos 57.563  pontos, intensificando as perdas no final da sessão. O giro financeiro foi de R$ 6,89 bilhões. 

Após ter se descolado positivamente do mercado acionário até o início da tarde, o benchmark da bolsa intensificou as perdas, sendo elas bem mais acentuadas que nos EUA, que tiveram leves altas e quedas nesta sessão. Chamou a atenção o discurso de Barack Obama, afirmando que é possível evitar o abismo fiscal no início do ano seguinte. 

Altas e baixas do índice
Por aqui, chamou a atenção do mercado a forte alta das ações da MMX Mineração (MMXM3), com ganhos de 6,18%, aos R$ 3,95, seguidas pelos papéis da Transmissão Paulista (TRPL4), para R$ 31,98, com ganhos de 5,20%.

Já a Cetip (CTIP3) teve alta de 4,18%, após o Barclays elevar a recomendação para a companhia. Na outra ponta, esteve em destaque a forte queda de 15,50% das ações da Marfrig (MRFG3), atingindo os R$ 9,05. Com o atual clima de incertezas, o mercado tem apresentado cada vez mais movimentos mais agressivos – tanto para cima quanto para baixo.

Vale destacar ainda as ações do setor imobiliário, que tiveram alta no início da sessão ancoradas pelas medidas de estímulo anunciadas pelo governo brasileiro, mas perderam forças no final da sessão.   

As maiores baixas, dentre as ações que compõem o Índice Bovespa, foram:

 Cód.AtivoCot R$% Dia% AnoVol1
 MRFG3 MARFRIG ON9,05-15,50+5,9789,91M
 BTOW3 B2W VAREJO ON15,27-5,10+69,6711,43M
 LAME4 LOJAS AMERIC PN18,13-3,92+63,1368,85M
 GFSA3 GAFISA ON4,27-3,61+3,6487,10M
 BRKM5 BRASKEM PNA13,42-3,38+9,5213,02M

As maiores altas, dentre os papéis que compõem o Índice Bovespa, foram:

 Cód.AtivoCot R$% Dia% AnoVol1
 MMXM3 MMX MINER ON3,95+6,18-40,7868,98M
 TRPL4 TRAN PAULIST PN31,98+5,20-41,7432,51M
 CTIP3 CETIP ON23,18+4,18-11,20100,05M
 SUZB5 SUZANO PAPEL PNA INT6,97+3,57+3,4161,17M
 FIBR3 FIBRIA ON22,50+2,97+62,2232,44M

As ações mais negociadas, dentre as que compõem o índice Bovespa, foram :

 CódigoAtivoCot R$Var %Vol1Vol 30d1Neg 
 VALE5 VALE PNA36,06-1,69508,48M589,55M24.168 
 PETR4 PETROBRAS PN18,82-0,95422,01M472,39M27.847 
 ITUB4 ITAUUNIBANCO PN ED32,64-1,09297,37M254,81M21.847 
 BBDC4 BRADESCO PN EJ35,29-1,34241,10M228,37M19.912 
 PDGR3 PDG REALT ON3,10-1,90174,65M78,35M21.425 
 VALE3 VALE ON36,70-1,82173,98M179,40M11.991 
 PETR3 PETROBRAS ON19,16-1,39146,17M138,60M16.323 
 MRVE3 MRV ON11,65-1,02136,90M38,70M20.611 
 CYRE3 CYRELA REALT ON18,35+0,22136,22M42,94M12.477 
 BBAS3 BRASIL ON22,05-0,05127,95M126,65M14.752 

* – Lote de mil ações
1 – Em reais (<>K Mil |M- Milhão | B- Bilhão)
 

PUBLICIDADE

Incentivos à construção civil
Na agenda de indicadores, o dia é de poucas novidades. Nesta data, chamou a atenção os números de produção industrial aqui no Brasil , divulgado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Depois de registrar queda em setembro, a produção industrial avançou 0,9% em outubro, ficando abaixo das expectativas. Em relação ao mês de outubro do ano passado, o indicador apresentou variação positiva de 2,3%, interrompendo a sequência de 13 meses de taxas negativas nessa base de comparação. No entanto, no acumulado dos dez primeiros meses do ano, o indicador registra queda de 2,9%.

Mas se destaca o anúncio de incentivos à construção civil. Na véspera, o setor já mostrava fortes ganhos na expectativa por medidas para estimular o setor. Nesta manhã a Folha de S. Paulo revelou que Dilma Rousseff anunciará a desoneração da folha de pagamento nesta terça-feira durante evento para comemorar a entrega de um milhão de casas do programa Minha Casa, Minha Vida. Outras medidas também devem ser anunciadas.

Já na Europa, o foco se volta para a reunião dos ministros de Finanças da Zona do Euro, que devem discutir a criação de um supervisor único dos bancos. O encontro acontece um dia após a Grécia anunciar uma recompra de € 10 bilhões em títulos de dívida com vencimentos entre 2023 e 2042.

Bolsas Internacionais
O índice Nasdaq Composite, que concentra as ações de tecnologia norte-americanas, fechou em leve baixa de 0,18% e atingiu 2.997 pontos. Seguindo esta tendência, o índice S&P 500 desvalorizou-se 0,17% a 1.407 pontos, da mesma forma, o índice Dow Jones, que mede o desempenho das 30 principais blue chips norte-americanas, caiu 0,11% a 12.951 pontos.

Na Europa, o índice FTSE 100 da bolsa de Londres registrou leve baixa de 0,04% e atingiu 5.869 pontos; no mesmo sentido, o índice DAX 30 da bolsa de Frankfurt desvalorizou-se 0,00% a 7.435 pontos. Por outro lado, o CAC 40 da bolsa de Paris fechou em leve alta de 0,39%, atingindo 3.580 pontos.

Dólar
O dólar comercial fechou em queda de 0,21% terminando a R$ 2,1160 na venda, na segunda queda seguida, com novas medidas do Banco Central.

Renda Fixa
As taxas dos principais contratos de juros futuros fecharam em queda na sessão, refletindo os dados fracos da indústria. O contrato de juros de maior liquidez nesta terça-feira, com vencimento em janeiro de 2014, registrou baixa de 0,09 ponto percentual, aos 7,09% ante 7,18%. 

PUBLICIDADE

No mercado de títulos da dívida externa, o título brasileiro mais líquido, o Global 40, fechou estável, a 126,81% do valor de face. Já o indicador de risco-País fechou em alta de três pontos-base, aos 155 ante 152 pontos do dia anterior, com alta de 1,97%.

Agenda da próxima sessão
Na próxima quarta-feira (5), a agenda estará bastante movimentada. No Brasil, o Banco Central divulga o Fluxo Cambial, com dados sobre o movimento de entrada e saída de dólares do País referentes à última semana. Já o Dieese publica a Pesquisa Nacional da Cesta Básica de novembro, feita mensalmente em 16 capitais brasileiras, na qual se avalia o salário mínimo necessário para a manutenção de uma família, através do valor dos produtos elementares.

Também haverá a divulgação de diversos resultados nos EUA. Será publicado o ADP Employment referente ao mês de novembro, revelando o número de postos de trabalho no setor privado dos EUA. Além disso, destaque também para os números revisados do Productivity & Costs do terceiro trimestre. Haverá ainda o ISM Services de novembro, responsável pela mensuração do nível de atividade não industrial. Será publicado o Factory Orders referente ao mês de outubro. Esse índice mede o volume de pedidos feitos à indústria como um todo, de bens duráveis e bens não duráveis. Por fim, teremos relatório de Estoques de Petróleo norte-americano, semanalmente organizado pela EIA (Energy Information Administration).

Na zona do euro, o instituto Markit divulga a Sondagem de Serviços PMI (Purchasing Manager’s Index), medindo a atividade do setor mensalmente. Valores acima de 50 indicam expansão, enquanto abaixo desta marca é caracterizada como uma contração.