Bolsa

Ibovespa Futuro sobe seguindo bolsas mundiais com espera por solução na Grécia

Índice futuro e dólar sobem em novo dia de alívio no front internacional enquanto investidores esperam por entrvista de Levy à tarde

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O Ibovespa Futuro abre em alta nesta terça-feira (23) seguindo as bolsas internacionais, que estendem os fortes ganhos da véspera em meio a perspectivas de que a Grécia deve chegar a um acordo com os seus credores internacionais. Por aqui fica a expectativa por entrevista do ministro da Fazenda, Joaquim Levy, às 15h (horário de Brasília). O ministro teria indicado a senadores que concorda com a redução da meta do superávit primário do governo. 

Às 9h08, o contrato futuro do índice para agosto subia 0,57%, a 55.050 pontos. Enquanto isso, o dólar futuro para julho tem alta de 0,24%, a R$ 3,096. 

O mercado ainda espera por dados macroeconômicos dos Estados Unidos e pela nota de mercado aberto do Banco Central aqui na agenda de indicadores. 

Aprenda a investir na bolsa

No noticiário corporativo fica em destaque a informação de que a Petrobras (PETR3PETR4) já decidiu, como parte de seu plano de desinvestimento, que não pretende manter sua participação em sete usinas de açúcar e etanol da Guarani, uma das maiores empresas do setor no Brasil, mas terá uma dura negociação com o grupo francês Tereos (TERI3), controlador do negócio, disseram duas fontes próximas do assunto. 

Os ADRs (American Depositary Receipts) da petroleira negociados no pré-market da Bolsa de Valores de Nova York (NYSE) caíam 6,04%, a US$ 7,00. 

Grécia anima
As bolsas mundiais seguem em alta nesta terça com expectativas de que a Grécia chegue a um acordo com os seus credores internacionais apesar da cautela demonstrada pela Alemanha. O efeito colateral disso é que o euro recua com o temor de que uma resolução da crise grega abra caminho para que o Federal Reserve eleve os juros dos Estados Unidos antes do esperado. 

O primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, reiterou nesta segunda-feira que seu governo está buscando um acordo com os credores que resolveria as necessidades de financiamento do país, dizendo que a bola está agora no campo dos credores europeus. “Estamos buscando uma solução abrangente e viável, que será seguida por um pacote de crescimento forte e que ao mesmo tempo torne a economia grega viável”, disse ele a repórteres.

No fim de semana a Grécia apresentou uma proposta de acordo que incluía mudanças sobre a incidência de tributos sobre alimentos e setor hoteleiro para aumentar as receitas fiscais e abolição de aposentadorias antecipadas, gerando uma economia de 200 milhões de euros. Também está previsto uma redução nas pensões complementares mais altas.

Entre os indicadores econômicos, o índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) composto da zona do euro, que mede a atividade nos setores industrial e de serviços, subiu para 54,1 em junho, de 53,6 em maio, atingindo o maior patamar em 49 meses, segundo dados preliminares publicados hoje pela Markit Economics. O resultado superou a previsão de analistas consultados pela Dow Jones Newswires, que era de estabilidade do indicador a 53,6. Leituras acima de 50,0 indicam expansão da atividade.

PUBLICIDADE

Ásia
Os mercados acionários asiáticos fecharam em alta nesta terça-feira depois que as últimas propostas orçamentárias da Grécia aumentaram as esperanças de que o país conseguirá afastar o default da dívida e alcançar um acordo com credores nesta semana.

“O fato de que parece que algo vai acontecer para a Grécia está realmente melhorando o humor do mercado”, disse a economista de mercados sênior do Sumitomo Mitsui Trust Bank Ayako Sera. “Mas estes movimentos para cima não estão baseados em fundamentos”, ponderou.

O Ibovespa Futuro é um bom termômetro de como será o pregão, mas nem sempre prevê adequadamente movimentos na Bolsa a partir do sino de abertura.

 (Com Reuters)