Bolsa

Ibovespa Futuro sobe impulsionado por commodities e início do impeachment no Senado

Pré-market mostra otimismo com investidores de olho no exterior e também na instalação da comissão que analisará o processo de impedimento

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – O Ibovespa Futuro abre em alta nesta terça-feira (19), seguindo o desempenho das bolsas internacionais. Os índices sobem de olho em uma recuperação do petróleo, que chegou a cair 4% ontem depois de Opep (Organização dos Países Exportadores de Petróleo) e Rússia não chegarem a um acordo sobre congelamento da produção. Hoje, o minério de ferro subiu 4,13%, a US$ 62,85 a tonelada seca, o que deve impulsionar as ações da Vale. No cenário político, os investidores aguardam a leitura do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff no Senado, que será seguida pela formação da comissão que analisará as informações e redigirá um parecer, que depois será votado para definir o afastamento da presidente por 180 dias. 

Às 9h16 (horário de Brasília), o contrato futuro do índice para junho subia 0,96%, a 54.185 pontos. Já o dólar futuro para maio tem queda de 1,49% a R$ 3,574. No mercado de juros futuros, o DI para janeiro de 2017 cai 6 pontos-base a 13,45%, ao passo que o DI para janeiro de 2021 recua 10 pontos-base para 12,83%. 

Leitura do processo de impeachment no Senado
Hoje haverá a leitura no Senado do processo de impeachment aprovado na Câmara. Na mesma sessão devem começar a serem indicados e eleitos os 21 membros da Comissão Especial que vai analisar a denúncia. Em 48 horas a partir desta eleição, a comissão deve ser instalada e devem ser escolhidos presidente e relator, para, em 10 dias, ser elaborado e votado o relatório preliminar. Os líderes reúnem-se hoje, a partir das 11h00, para discutir a formação da comissão.

Decisão deve sair em 15 dias
O senador oposicionista Cássio Cunha Lima (PSDB-PB) disse após se encontrar com Calheiros que, na pior das hipóteses, a Comissão de Impeachment do Senado deve afastar a presidente em 11 de maio. Já o senador Romero Jucá (PMDB-RR) afirmou que a votação deve ocorrer em 15 dias. Renan Calheiros disse algo na mesma linha dos dois e falou que a votação deve ocorrer no próximo dia 11.

Movimentações de Temer
De acordo com informações da coluna Painel, da Folha de S. Paulo, o ex-presidente do Banco Central Armínio Fraga e o PSDB disseram que não integrarão governo Temer após jantar de Aécio e ex-BC com o vice. Porém, estariam dispostos a auxiliar, de fora, um eventual novo governo. Já segundo o jornal O Estado de S. Paulo, o vice definiu três eixos principais para a formação de seu eventual governo: economia, infraestrutura e área social. A partir desse tripé, ele pretende criar três superministérios para enxugar o tamanho da Esplanada e impulsionar uma gestão de transição.

Sem juízo sobre mérito
O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), disse na segunda-feira que a Corte não poderá emitir juízo de valor sobre o mérito do processo do impeachment, apenas sobre questões de procedimento. “O tribunal não pode emitir juízo sobre o mérito do processo. Essa é a jurisprudência que vem de lições clássicas do nosso constitucionalismo. Então, me parece que poderemos ter, sim, eventual impugnação quanto a decisões de procedimento”, disse Gilmar, em palestra em um hotel em São Paulo. O ministro antevê problemas legais na proposta de antecipação das eleições presidenciais, a partir de uma emenda à Constituição. Segundo Gilmar, um novo escrutínio poderia gerar “grande instabilidade”.

Cenário externo
Na Europa, o dia é de forte alta em meio à recuperação do petróleo com greve de trabalhadores do setor no Kuwait, que paralisou mais de 60% da produção da commodity no país, somado ainda ao ânimo com os resultados de empresas no continente. O FTSE sobe 0,32%, o DAX tem ganhos de 2,34% e o CAC 40 sobe 1,12%.

As bolsas chinesas tiveram leve alta nesta terça-feira, com os investidores avaliando sinais conflitantes sobre a trajetória de recuperação econômica da China. Um dos principais índices asiáticos subiu à máxima de cinco meses, auxiliado pelos ganhos de Wall Street depois de uma greve no Kuwait ajudar os preços do petróleo a ficarem acima das mínimas vistas durante a noite. Na segunda-feira, o índice norte-americano Dow Jones foi às máximas desde julho.

O índice Nikkei do Japão terminou no azul fechando em alta de 3,68% um dia após recuar 3,4% com investidores avaliando o impacto dos terremotos no sudoeste do país sobre as cadeias produtivas das indústrias.

PUBLICIDADE

O Ibovespa Futuro é um bom termômetro de como será o pregão, mas nem sempre prevê adequadamente movimentos na Bolsa a partir do sino de abertura.

Especiais InfoMoney:

Carteira InfoMoney rende 17% no 1º trimestre; 5 novos papéis entraram no portfólio de abril

Trader que perdeu R$ 285.000 com Telebras conta como deu a volta por cima

André Moraes diz o que gostaria de ter aprendido logo que começou na Bolsa