Abertura

Ibovespa Futuro sobe com exterior em meio a redução dos temores com variante delta na China; dólar futuro cai

Pré-market mostra desempenho positivo recuperando parte das perdas da semana passada

SÃO PAULO – O Ibovespa Futuro abre em alta nesta segunda-feira (23) com a recuperação dos principais índices acionários globais e do petróleo depois de muita preocupação na semana passada com a política monetária dos Estados Unidos, a variante delta do coronavírus e o ambiente regulatório da China. O barril do Brent sobe 3,22% a US$ 67,28.

Neste começo de semana, as notícias melhoram no âmbito da pandemia, e as autoridades chinesas informaram que não houve nenhum caso local de Covid-19 pela primeira vez desde julho, o que indica desaceleração da onda atual. Contudo, os investidores seguem monitorando o avanço da variante delta.

Os investidores ficarão atentos ao simpósio de Jackson Hole, que ocorre na sexta-feira (27) e deve trazer mais sinalizações sobre o ritmo da redução das compras mensais de títulos realizadas pelo Federal Reserve e também sobre quando os membros da autoridade monetária dos Estados Unidos esperam iniciar um ciclo de aumento dos juros.

Por aqui, governadores se reunirão para discutir a crise institucional. Depois do presidente Jair Bolsonaro apresentar ao Senado o pedido de impeachment do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), o governador de São Paulo, João Doria, disse que a democracia do Brasil nunca esteve tão ameaçada desde o golpe de 1964.

Às 9h10 (horário de Brasília), o contrato futuro do Ibovespa com vencimento em outubro de 2021 tinha alta de 0,38%, a 119.350 pontos.

Já o dólar futuro com vencimento em setembro registra queda de 0,23% a R$ 5,37.

No mercado de juros futuros, o DI para janeiro de 2022 sobe dois pontos-base a 6,71%, o DI para janeiro de 2023 tem alta de um ponto-base a 8,41%, o DI para janeiro de 2025 avança dois pontos-base a 9,58% e DI para janeiro de 2027 opera estável a 10,01%.

Ainda sobre o Fed, o presidente da autoridade monetária de Dallas, Robert Kaplan, um “hawk” (autoridade de posicionamento mais duro) bem conhecido, abalou as expectativas de aperto monetário na sexta-feira, dizendo que pode reconsiderar a necessidade de início precoce do aperto monetário se o coronavírus prejudicar a economia.

Já na Europa, o Índice do Gerente de Compras (PMI na sigla em inglês) Markit composto para a Zona do Euro, que traz dados sobre os setores de serviços e manufatura, registrou o menor patamar em dois meses em agosto, de 59,5 pontos, frente a 60,2 pontos. Qualquer patamar acima de 50 pontos indica expansão; abaixo, retração.

PUBLICIDADE

Já o PMI composto da Alemanha caiu de 62,4 em julho para 60,6 em agosto, segundo dados preliminares divulgados nesta segunda-feira, 23, pela IHS Markit. Apesar da queda, a leitura bem acima da marca de 50 mostra que a atividade da maior economia da Europa segue se expandindo em ritmo forte neste mês, ainda que mais contido.

O índice composto do Reino Unido, por sua vez, caiu de 59,2 em julho para 55,3 em agosto, atingindo o menor patamar em seis meses, segundo dados preliminares divulgados hoje pela IHS Markit em parceria com a CIPS. Apesar de acima de 50, prévia de agosto ficou bem abaixo da expectativa de analistas consultados pelo Wall Street Journal, que previam recuo marginal do indicador a 59.

Relatório Focus

As projeções dos economistas do mercado financeiro para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em 2021 foram elevadas mais uma vez, mostrou o Relatório Focus do Banco Central. Esta semana, a mediana das expectativas para o medidor oficial de inflação subiu de 7,05% para 7,11% em 2021. Para 2022, por sua vez, as previsões foram elevadas de 3,90% para 3,93%.

Em relação ao Produto Interno Bruto (PIB), as projeções oscilaram para baixo mais uma vez, caindo de 5,28% para 5,27% em 2021 e de 2,04% para 2,00% em 2022.

Sobre o dólar, as previsões se mantiveram em que a moeda dos EUA encerre o ano cotada a R$ 5,10 e termine 2022 cotada em R$ 5,20.

Por fim, a mediana das estimativas para a taxa básica de juros, Selic, continuou em 7,50% ao ano tanto para 2021 quanto para 2022.

Covid 

No domingo (22), a média móvel de mortes por Covid em 7 dias no Brasil ficou em 765, queda de 16% em comparação com o patamar de 14 dias antes. Em apenas um dia, foram registradas 331 mortes. As informações são do consórcio de veículos de imprensa que sistematiza dados sobre Covid coletados por secretarias de Saúde no Brasil, que divulgou, às 20h, o avanço da pandemia em 24 h.

A média móvel de novos casos em sete dias foi de 29.490, o que representa queda de 8% em relação ao patamar de 14 dias antes. Em apenas um dia foram registrados 14.178 casos.

PUBLICIDADE

Chegou a 122.830.226 o número de pessoas que receberam a primeira dose da vacina contra a Covid no Brasil, o equivalente a 58,01% da população. A segunda dose ou a vacina de dose única foi aplicada em 55.068521 pessoas, ou 26,01% da população.

Pedido de impeachment de Moraes e LDO de 2022

Os investidores monitoram o novo foco de crise política, após o presidente Jair Bolsonaro ingressar, no fim da tarde de sexta-feira (20), com um pedido de impeachment contra o ministro Alexandre de Moraes, do STF, no Senado Federal.

A peça encaminhada ao Senado, no entanto, não deve prosperar, na opinião de senadores e consultores, e até mesmo o presidente da Casa, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), a quem cabe dar ou não andamento ao processo, já adiantou que não identifica critérios que justifiquem a destituição do cargo do ministro do STF.

“Sinceramente não antevejo fundamentos técnicos, jurídicos e políticos para impeachment do ministro do Supremo, como também não antevejo em relação a impeachment de presidente da República”, disse o senador a jornalistas, defendendo que o episódio da apresentação do pedido de impeachment haverá de ser “superado”.

O presidente Jair Bolsonaro entrou na noite de quinta-feira com uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF) pedindo a anulação de artigo do regimento interno da corte que permite a instauração de inquéritos de ofício –sem um pedido do Ministério Público Federal, como foi o caso do inquérito das Fake News.

A Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF), apresentada pela Advocacia-Geral da União em nome do presidente pede que o artigo 43 do regimento seja suspenso em decisão liminar até que seja julgado pelo pleno do STF.

A alegação é de que o uso do artigo do regimento interno para abrir investigações fere preceitos constitucionais e “os direitos fundamentais dos acusados nos procedimentos inquisitórios dele derivados”.

O inquérito visado pelo presidente foi aberto em março de 2019, de ofício, pelo então presidente da corte, Dias Toffoli, para investigar notícias falsas e ataques constantes aos membros do STF. O ministro Alexandre de Moraes, foi designado como relator, e se tornou um dos alvos da fúria de Bolsonaro.

PUBLICIDADE

Moraes também foi responsável por acolher notícia-crime contra Bolsonaro por vazamento de informações sigilosas de investigação da Polícia Federal.

Ainda em destaque, Bolsonaro sancionou na sexta-feira a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para 2022, mas vetou o trecho da proposta que ampliava o montante a ser repassado a fundo de financiamento eleitoral.

Ao votarem a LDO, parlamentares modificaram as regras Fundo Especial de Financiamento de Campanha, aumentando o montante a ser repassado ao fundo de R$ 2 bilhões para R$ 5,7 bilhões.

Dentre os pontos sancionados, estão metas e prioridades estabelecidas pela LDO para a elaboração do Orçamento do próximo ano, como a meta de déficit primário de R$ 170,47 bilhões para o Orçamento Fiscal e da Seguridade Social e de déficit de R$ 4,42 bilhões para as empresas estatais, informou nota da Assessoria Especial de Comunicação Social da Presidência da República.

A parte sancionada da LDO considera como parâmetro macroeconômico crescimento real do PIB para o ano de 2022 de 2,5%, o IPCA em 3,5%, a taxa Selic em 4,74% e a taxa de câmbio média de R$ 5,15 por dólar.

A LDO também prevê salário mínimo de R$ 1.147 em 2022 como diretriz, mas o valor efetivo precisa ser estabelecido por medida provisória. Também foram vetados parcialmente rubricas referentes às emendas de comissões permanentes e às emendas do relator-geral do Orçamento.

Segundo reportagem de capa publicada nesta segunda pelo jornal O Globo, parlamentares começam agora a se articular para assegurar ao menos R$ 4 bilhões para as campanhas, o que seria mais do que o dobro do R$ 1,7 bilhão destinado aos partidos nas eleições gerais de 2018. Se não houver acordo, a derrubada do veto presidencial é uma alternativa estudada por congressistas, afirma o jornal.

Radar corporativo

No radar corporativo, a EZTec informou na sexta-feira que seu conselho de administração aprovou um programa de recompra de até 5.035.897 ações. Já a BR Properties comunicou ter encerrado seu plano de recompra de ações.

Já o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou no sábado que a Sabesp será preparada para ser privatizada nos próximos anos, e que o governo não realizará nada de forma precipitada.

EzTec (EZTC3)

A EZTec informou na sexta-feira que seu conselho de administração aprovou um programa de recompra de até 5.035.897 ações.

O programa tem prazo de até seis meses, terminando em 23 de fevereiro de 2022. O montante referido equivale a cerca de 5% das ações da companhia em circulação no mercado.

BR Properties (BRPR3)

A BR Properties comunicou ter encerrado seu plano de recompra de ações. Ele obteve 99,95% dos ativos que havia se proposto a comprar, sendo adquiridas 10.994.600 ações por R$ 94,888 milhões, com o custo médio por ação de R$ 8,63.

Minerva (BEEF3)

Uma unidade da Minerva Foods  em Palmeira de Goiás (GO) foi alvo de busca e apreensão pela Polícia Federal (PF) dentro da Operação A Posteriori, que apura supostas irregularidades de auditores fiscais federais agropecuários no período de 2018 a 2019, informou a companhia nesta sexta-feira.

Segundo a empresa, o procedimento, realizado na quinta, teve cooperação dos colaboradores da Minerva e a planta mantém suas atividades regulares.  “Não existe indiciamento ou denúncia contra a companhia, contra seus administradores ou qualquer de seus empregados ou colaboradores no âmbito da operação”, disse em comunicado.

Sabesp (SBSP3)

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou no sábado que a Sabesp será preparada para ser privatizada nos próximos anos, e que o governo não realizará nada de forma precipitada.

Ao comentar declarações do recém-nomeado secretário de Projetos e Ações Estratégicas de São Paulo, o deputado federal Rodrigo Maia (sem partido-RJ), sobre a privatização da Sabesp, Doria ressaltou que a privatização da companhia de saneamento é um projeto de “longo prazo”, não de curto prazo.

“Nosso governo é desestatizante… A Sabesp já é de capital aberto, cotada em bolsa, com performance muito boa e bem administrada. Ao longo dos próximos anos, ela vai ser preparada evidentemente para um programa de privatização, mas não faremos isso de forma precipitada”, comentou Doria a jornalistas, no Rio de Janeiro. As declarações de Maia fizeram disparar as ações da Sabesp na sexta-feira.

Braskem (BRKM5)

A Braskem comunicou que não tem conhecimento sobre a realização de uma oferta pública de ações da companhia como uma possível estratégia de saída dos acionistas, em esclarecimento após notícia da Coluna do Broadcast.

A empresa diz que “não é parte de eventuais discussões de seus acionistas sobre a venda das suas participações acionárias”, segundo comunicado enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), como esclarecimento de notícia veiculada na mídia.

IPOs

A empresa de cibersegurança ISH Tech, com sede em Vitória, pediu registro para uma oferta inicial de ações (IPO na sigla em inglês) em busca de recursos para financiar seu crescimento orgânico e via aquisições, além de investir em pesquisa. A empresa foi fundada em 1996 como consultoria em TI.

(com Reuters e Estadão Conteúdo)

Curso gratuito ensina a ter consistência na bolsa para ganhar e rentabilizar capital. Participe!