Abertura do mercado

Ibovespa Futuro opera quase estável entre IPCA abaixo do previsto e mercado em queda em Wall Street

No front corporativo, a temporada de balanços ganha tração, com a divulgação de resultados do Carrefour, Vivo e Neoenergia

Por  Felipe Moreira -

O Ibovespa futuro opera com leves ganhos nos primeiros negócios desta terça-feira (26). Em destaque no noticiário nacional desta manhã, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15), prévia do índice oficial de inflação do Brasil, de julho subiu 0,13% frente junho, levemente abaixo do esperado.

No front corporativo, a temporada de balanços ganha tração, com a divulgação de resultados do Carrefour Brasil (CRFB3), Vivo (VIVT3) e Neoenergia (NEOE3) após fechamento do mercado.

Às 9h16, o Ibovespa futuro com vencimento para agosto operava em alta de 0,04%, aos 101.140 pontos.

O dólar comercial tinha alta de 0,38%, a R$ 5,389 na compra e R$ 5,390 na venda. O dólar futuro para agosto tinha alta de 0,38%, a R$ 5,385.

Juros futuros operam em baixa: DIF23 (janeiro para 2023), -0,01 pp, a 13,83%; DIF25, -0,06 pp a 13,13%; DIF27, -0,06 pp, a 13,08%; e DIF29, -0,04pp, a 13,20%.

Em Wall Street, as bolsas recuam após o Walmart cortar sua previsão de lucro, fazendo com que as ações de varejo despencassem no after-market.

Além disso, investidores aguardam pela decisão sobre juros do Fed nesta quarta-feira (27), em busca de maiores pistas sobre o futuro de sua política monetária, além de relatórios corporativos de empresas de tecnologia.

Às 9h16, o Dow Jones futuro recuava 0,38%, enquanto o futuro do S&P 500 caía 0,37% e o Nasdaq futuro operava com baixa de 0,50%.

Já bolsas da Europa operam sem direção definida nesta terça-feira, com os investidores digerindo uma nova rodada de lucros corporativos e aguardando a decisão de política do Fed.

Os resultados corporativos serão um dos principais impulsionadores do mercado nesta semana. UBS, UniCredit , Unilever , EasyJet , LVMH , Dassault Systemes e Randstad estão entre as empresas que reportaram resultados nesta terça.

A maioria dos mercados asiáticos fecharam no campo positivo. No radar econômico, o PIB da Coreia do Sul superou as estimativas. A economia da Coreia do Sul cresceu 0,7% no segundo trimestre em comparação com o primeiro trimestre de 2022.

O índice Hang Seng de Hong Kong avançou 1,67%, com a Alibaba saltando 4,82% depois que a empresa disse em comunicado à imprensa que solicitará uma listagem primária na Bolsa de Valores de Hong Kong, onde suas ações já estão listadas.

Se concluída, a empresa se tornará uma empresa listada em duas categorias principais em Hong Kong e Nova York. Isso deve acontecer antes do final de 2022.

Do lado das commodities, as cotações do minério de ferro sobem pela terceira sessão consecutiva, com otimismo de que um fundo imobiliário para apoiar construtoras na China ajudará a aliviar a crise no setor. O petróleo também registra ganhos, com o brent por volta de US$ 107 o barril.

Na véspera, “o bom humor com as commodities, sustentado pelo otimismo com o setor imobiliário da China e expectativas de um Fed não tão agressivo, favoreceu moedas e mercados acionários de países emergentes. Impulsionado por esse sentimento, o Ibovespa encontrou espaço para retomar os 100 mil pontos, com valorização de 1,36% no mais alto nível de fechamento (100.269,85 pontos) em mais de duas semanas”, destaca a XP.

Análise técnica por Pamela Semezatto, analista de investimentos e especialista em day trader da Clear Corretora

Ibovespa

“Segue no mesmo comportamento de fazer fundos mais baixos e voltar a testar a resistência de 101 mil pontos. Ainda considero como um alargamento, já que não tem continuidade nos rompimentos dos fundos anteriores, e caso consiga romper a região de topo anterior (101.000) podemos esperar por uma reversão desse movimento de baixa. Se não romper, segue nessa consolidação e esperamos por teste no fundo novamente”.

Dólar

“Não conseguiu se manter acima da resistência de R$ 5.500 e ontem voltou para a região de lateralização com um dia bem vendedor. Ainda em tendência de alta e se der continuidade na queda, espero por teste no suporte de R$ 5,300”.

Procurando uma boa oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje.

Compartilhe