Abertura

Ibovespa Futuro opera entre perdas e ganhos com cautela antes de Fed e Copom; dólar cai

Pré-market revela as expectativas dos investidores para as duas decisões de política monetária que ocorrem hoje

arrow_forwardMais sobre
Painel de ações (Crédito: Shutterstock)
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O Ibovespa Futuro abre entre perdas e ganhos nesta quarta-feira (11) com os investidores demonstrando cautela antes das decisões de juros do Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc, na sigla em inglês) nos Estados Unidos às 16h (horário de Brasília) e do Comitê de Política Monetária (Copom) no Brasil depois do fechamento.

Às 9h13 o contrato futuro do Ibovespa para dezembro tem leve alta de 0,24%, a 111.045 pontos. Já o dólar futuro com vencimento em janeiro de 2020 registrava perdas de 0,36%, a R$ 4,135.

No mercado de juros futuros, o DI para janeiro de 2021 cai um ponto-base a 4,61% e o DI para janeiro de 2023 recua dois pontos a 5,71%.

Aprenda a investir na bolsa

As apostas no mercado são de que o Fomc mantenha as taxas dos EUA entre 1,5% e 1,75%, com sinalizações de que esse patamar irá se manter ao longo de 2020. Já o Copom deixou claro no último comunicado e ata que irá cortar os juros hoje em 0,5 ponto percentual, para 4,5% ao ano.

A expectativa que fica é para perspectivas para o futuro. Hoje, as principais casas de análise estão divididas entre quem espera que 4,5% seja o limite do ciclo de quedas da Selic e quem espera ainda novos cortes até 4,25% ou até 4% no ano que vem.

Também impacta o mercado a expectativa com relação à possibilidade de um acordo comercial entre EUA e China sair antes deste domingo (15), quando começa a valer o aumento de 10% para 15% nas tarifas americanas sobre US$ 165 bilhões em produtos chineses.

Entre os indicadores, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgou as vendas do varejo, que cresceram 0,1% em outubro na comparação com o mês anterior, em linha com a estimativa mediana dos economistas compilada pelo consenso Bloomberg. É o sexto mês consecutivo de crescimento, com um acréscimo de 2,7% no período.

Noticiário corporativo

A Congo Airways assinou uma encomenda firme para comprar dois jatos de passageiros E175 da brasileira Embraer, informou a indústria de aeronaves em comunicado enviado ontem (10) à CVM. Segundo a Embraer, o contrato está avaliado em US$ 194,4 milhões (R$ 810,6 milhões) e os aviões serão entregues à Congo no quarto trimestre de 2020.

A Construtora Tenda S.A., de São Paulo, informou que emitiu no dia 5 um total de 200 mil debêntures, em um valor de R$ 200 milhões. Segundo a empresa, o dinheiro levantado com a venda dos papéis será usado reforçar financeiramente o seu caixa. As debêntures poderão ser resgatadas em cinco anos.

PUBLICIDADE

Na Oi, Eurico Teles deixa a presidência da companhia em 30 de janeiro, enquanto a Delta informou ter vendido 32,9 milhões de ações PN da Gol nos últimos dias.

No noticiário sobre saneamento, o projeto que facilita entrada do setor privado no setor, que estava previsto para ontem, deve ser votado pela Câmara hoje.

Vale destacar que as ações da XP Inc. estreiam hoje na Nasdaq. Os ativos foram precificados em US$ 27,00. O valor ficou acima da faixa estabelecida inicialmente no prospecto da abertura de capital, entre US$ 22 e US$ 25.

(Agência Câmara, Agência Brasil e Bloomberg)

Invista melhor seu dinheiro: abra uma conta gratuita na XP