Mercado

Ibovespa Futuro cai mais de 1% e dólar vai a R$ 4,24 com temores renovados sobre coronavírus

Receio de proliferação do vírus e impacto na economia chinesa abala mercados no mundo todo

gráfico de ações e índices em queda
(Shuterstock)
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O Ibovespa Futuro registra queda de mais de 1%, enquanto o dólar volta a subir nesta quinta-feira (30) após aumentarem os casos de coronavírus no mundo. As mortes subiram para 170 e os infectados chegaram a 7.711. Já são mais contaminados do que na epidemia da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS, na sigla em inglês), que matou 800 pessoas em 2003. Hoje, a Organização Mundial da Saúde (OMS) se reúne para definir se decreta emergência global.

Fora o noticiário a respeito da doença saem os números do Produto Interno Bruto (PIB) do quarto trimestre nos Estados Unidos, que podem gerar volatilidade principalmente em um ambiente de tanto nervosismo nos mercados. A expectativa é de um PIB anualizado com estimativa de crescimento de 2%.

Às 9h11 (horário de Brasília) o Ibovespa Futuro caía 1,35% a 113.925 pontos. O dólar comercial sobe 0,60% a R$ 4,2423 na compra e a R$ 4,2443 na venda. O dólar futuro para fevereiro tem alta de 0,40% a R$ 4,248.

Aprenda a investir na bolsa

No mercado de juros, o DI para janeiro de 2022 sobe 3 pontos-base a 4,98%, o DI para janeiro de 2023 tem alta de 2 pontos-base a 5,52% e o DI para janeiro de 2025 avança 1 ponto-base a 6,21%.

As bolsas de valores da Ásia fecharam em queda, enquanto os mercados na Europa abriram em baixa, também em meio às evidências crescentes de que o coronavírus está afetando a economia chinesa.

O surto ameaça economia da China e OMS convoca reunião do seu Comitê de Emergência nesta quinta-feira para considerar emitir um alarme global, já que o número de mortos pelo coronavírus subiu.

Os economistas começaram cortar previsões de crescimento para o gigante asiático, com alguns bancos vendo expansão abaixo de 5%, enquanto as autoridades restringem viagens e bloqueiam cidades e empresas suspendem suas operações no país. Alguns analistas consideram que Pequim pode adotar medidas para estimular economia.

Após a reunião do Fed manter a taxa de juros nesta quarta- feira, o presidente Jerome Powell afirmou que o surto do vírus provavelmente atingirá a economia chinesa e poderá se espalhar, mas ainda é muito cedo para avaliar seu impacto nos EUA.

No mercado de commodities, o petróleo tem 7ª baixa em oito sessões com alta de estoques americanos se somando à angústia com vírus; metais têm desempenho misto em Londres e minério de ferro cai para perto de US$ 80 a tonelada.

Política

PUBLICIDADE

Rodrigo Maia (DEM-RJ), presidente da Câmara dos Deputados, afirmou que a reforma tributária deve chegar ao plenário em abril. O Senado, apontou ele, vai criar a comissão especial em fevereiro e depois a proposta segue para a já existente comissão da Câmara. Ele ainda apontou que a Câmara vai acelerar votação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) emergencial para abrir espaço no orçamento federal para investimento.

Ainda em destaque na política, o presidente Jair Bolsonaro afirmou durante a manhã pelo Twitter que mandou demitir Vicente Santini. Santini tinha sido exonerado do número 2 da Casa Civil depois da notícia de que ele usou um jatinho da Força Aérea Brasileira (FAB) para ir de Davos à Índia, porém, o servidor foi nomeado logo em seguida para uma assessoria especial da mesma pasta do Palácio no Planalto. Após pressão, Bolsonaro recuou da recontratação.

Noticiário corporativo 

A Petrobras informou na noite de ontem que pediu a desvinculação do Programa de Governança das Estatais da B3. Em outro comunicado, a petrolífera informou que suas reservas provadas em 2019 caíram para 9,59 bilhões de barris equivalentes (boe), de 9,60 bilhões de boe em 2018. Segundo a empresa, a queda ocorreu porque foram realizados vários desinvestimentos.

Já a Invepar informou que o trânsito de passageiros no Aeroporto de Guarulhos (SP) subiu para 43 milhões de pessoas em 2019, acima dos 42,4 milhões em 2018. A empresa comunicou, contudo, que a quantidade de cargas movimentadas e de aeronaves caiu no ano passado.

Os Laboratórios Fleury anunciaram que aumentarão o capital social da empresa, com a emissão de 43.750 ações ordinárias. O capital passará a ser de R$ 1,449 bilhão, dividido em 316.788.210 ações ordinárias. O aumento de capital foi pequeno, de R$ 884,6 mil.

A Ânima Educação precificou a R$ 36,25 por ação, sua oferta primária para o aumento de capital social da companhia. Foram emitidos 30,3 milhões de papéis ordinários, totalizando o montante de R$ 1,1 bilhão.

Invista contando com a melhor assessoria do mercado: abra uma conta gratuita na XP.