Conteúdo editorial apoiado por
IM Trader

Ibovespa Futuro cai com atenções voltadas para cerimônia em Brasília e inflação nos EUA

No Brasil é lembrado o primeiro aniversário dos ataques contra as sedes dos Três Poderes em Brasília

Felipe Moreira

B3 (Germano Lüders/InfoMoney)

Publicidade

O Ibovespa Futuro opera em queda nesta segunda-feira (8), com agentes do mercado de olho em dados de inflação dos EUA para avaliar as perspectivas sobre a política monetária, enquanto no Brasil as atenções se voltam o primeiro aniversário dos ataques contra as sedes dos Três Poderes em Brasília.

Por aqui, o dia será marcado por ato no Congresso Nacional, chamado de Democracia Inabalada, para marcar o primeiro aniversário da invasão por apoiadores do ex-presidente Jair Bolsonaro ao Palácio do Planalto, ao Congresso Nacional e ao Supremo Tribunal Federal (STF).

O evento está marcado para as 15h e contará com a presença de diversas autoridades, com a previsão de discurso do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e de outros.

Treinamento Gratuito

Manual dos Dividendos

Descubra o passo a passo para viver de dividendos e ter uma renda mensal previsível, começando já nas próximas semanas

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Às 9h15 (horário de Brasília), o índice futuro com vencimento em fevereiro operava com baixa de 0,78%, aos 132.460 pontos.

Em Wall Street, índices futuros operam em baixa, depois que os principais índices iniciaram 2024 no vermelho, com investidores atentos aos dados de inflação e aos lucros dos grandes bancos durante esta semana, em busca de mais pistas sobre o estado da economia e a trajetória dos cortes nas taxas por parte do Fed. A inflação ao consumidor americano pode mudar novamente as apostas sobre o rumo que a política monetária dos EUA está a tomar. Os futuros já reduziram os preços para um corte nas taxas de março para 64%, de quase 100% no final do ano passado.

Nesta manhã, o Dow Jones Futuro caía 0,42%, S&P Futuro recuava 0,08% e Nasdaq Futuro registrava baixa de 0,01%.

De volta a cena nacional, a projeção para a inflação de 2024 feita por analistas foi mantida nesta semana, enquanto a estimativa para o PIB permaneceu cresceu, segundo dados divulgados nesta segunda-feira (8) pelo Relatório Focus do Banco Central.

Dólar hoje

O dólar comercial operava com alta de 0,26%, cotado a R$ 4,884 na compra e R$ 4,885 na venda. Já o dólar futuro (DOLFUT) avançava 0,03%, indo aos 4.895 pontos.

Enquanto isso, DXY, índice que mede a força do dólar perante à uma cesta de moedas, opera com alta de 0,08%, a 102,50 pontos.

No mercado de juros, os contratos operavam em alta, com exceção do vencimento mais curto. O DIF25 (janeiro de 2025) caía +0,02 pp, a 10,06%; DIF26, +0,02 pp, a 9,70; DIF27, +0,03 pp, a 9,83%; DIF28, +0,02 pp, a 10,06%; DIF29 +0,02 pp, a 10,23%.