Abertura do mercado

Ibovespa Futuro abre em leve alta, em sessão que promete ter baixa liquidez e com exterior misto

Em dia que promete ser de baixa liquidez, investidores monitoram agenda de indicadores e movimento de reajuste salarial de servidores

Por  Equipe InfoMoney -

O Ibovespa Futuro abriu com leve alta nesta quarta-feira (29), operando com alta de 0,09%, aos 106.148 pontos, por volta das 9h25, em mais um dia que promete ser de baixa liquidez.

Na véspera, a bolsa brasileira fechou com queda de 0,65%, com o desempenho de mineradoras e siderúrgicas pesando.

Por aqui, atenção para a assembleia de servidores federais às 10h30, que deve deliberar sobre a mobilização por reajuste. Fiscais da Receita já vêm implementando operação padrão (trabalho com rigor extremo que reduz o fluxo) e mais de 700 delegados entregaram cargos de chefia.

No exterior, as bolsas globais operam sem sinais distintos, com os índices futuros de Nova York em alta, as bolsas europeias mistas e os mercados asiáticos em queda.

Entre os destaques, a inflação do aluguel, medida pelo IGP-M registrou avanço em dezembro de 0,87%, ante 0,02% em novembro, e acima do consenso. Dessa forma, a alta do indicador atinge 17,78%.

À tarde, o Governo Central divulga o resultado do superávit primário, que deve atingir R$ 340 milhões em novembro.

No mercado de juros, o DI para janeiro de 2023 sobe 0,06 ponto porcentual para 11,73%; DI para janeiro de 2025 avança 0,08 pontos-base para 10,63%; e o DI para janeiro de 2027 sobe 0,08 pontos-base a 10,56%.

O dólar comercial opera com queda de 0,07%, cotado a R$ 5,635 na compra e a R$ 5,639 na venda.

Oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje. Assista aqui.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Compartilhe