Ibovespa Futuro abre em baixa de 1% à espera de indicadores dos EUA

Agenda econômica norte-americana traz apreensão ao mercado, que também avalia as palavras de Alan Greenspan

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O Ibovespa Futuro abre a quinta-feira (21) em baixa de 1,05%, aos 51.010 pontos, com o mercado atento à agenda econômica e às palavras do ex-presidente do Federal Reserve, Alan Greenspan.

Para Greenspan, que deixou o cargo para Ben Bernanke, os bancos necessitam levantar mais capital. “Ainda existe muito capital a ser levantado no sistema bancário comercial norte-americano”, afirmou.

Destaque também para o rebaixamento das perspectivas de rating do Reino Unido para negativo feito pela agência de classificação de risco Standard and Poor’s, como à última ata do Fed, que revelou pessimismo quanto ao PIB do país.

Posições em aberto na BM&F

Aprenda a investir na bolsa

Até o pregão de quinta-feira, os investidores institucionais (fundos de pensão, fundos de investimentos e bancos de investimentos) tinham posições vendidas em aberto de 68,83 mil contratos de Ibovespa Futuro e compradas de 54,87 mil contratos, ou seja, um saldo negativo de 13,96 mil contratos.

Na outra ponta do mercado estão os investidores estrangeiros, que tinham posições compradas em aberto de 54,77 mil contratos de índice futuro e vendidas de 35,41 mil, o que garante um saldo positivo de 19,36 mil contratos.

Abertura nos EUA

Nos EUA, o contrato futuro do S&P500 opera a 895,40 pontos, baixa de 6,74 pontos em relação ao valor justo, o que indica uma abertura do S&P 500 com desvalorização de 0,75% em relação ao último fechamento.

Já o futuro do Nasdaq 100 aponta uma abertura do índice das blue chips de tecnologia a 1.382,96 pontos, queda de 0,77% frente à última sessão.