Ibovespa fecha em alta de 2,2% com combinação de vencimento de índice, fala de Guedes e espera por Copom

Mercado termina o dia com ganhos em continuidade do movimento de otimismo com a retomada

Ricardo Bomfim

(Shutterstock)

Publicidade

SÃO PAULO – O Ibovespa fechou em forte alta nesta quarta-feira (17) combinando a pressão compradora nos contratos do índice futuro, que venceu hoje, com um contexto macroeconômico mais favorável.

Hoje, o ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou ser importante retomar a discussão das reformas que estão no Congresso. “Estamos terminando as medidas emergenciais e retornaremos às reformas econômicas nas próximas semanas. Vamos continuar reformando o País em uma direção liberal”, completou Guedes.

Porém o evento que mais provocou a ansiedade dos investidores é a decisão de juros do Comitê de Política Monetária (Copom), que deve cortar a Selic em 0,75 ponto percentual, para 2,25% ao ano. Economistas dizem que é importante ler com atenção o comunicado depois da reunião, pois ele pode deixar a porta entreaberta ou fechada para novas reduções da taxa básica de juros.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Quanto mais baixa for a Selic, melhor para os investimentos em ações, pois isso reduz a rentabilidade da renda fixa e diminui o custo de capital das empresas.

Ainda no radar, o presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, discursou pelo segundo dia no Congresso americano. Ele reiterou que o Fed irá se afastar dos ETFs para comprar diretamente títulos das dívidas de empresas. “É uma ferramenta melhor para prover liquidez e manter o mercado funcionando”, disse. Powell destacou ainda que conforme os mercados se normalizarem as compras de títulos irão diminuir.

O Ibovespa teve alta de 2,16% a 95.547 pontos com volume financeiro negociado de R$ 30,113 bilhões.

Continua depois da publicidade

Já o dólar comercial subiu 0,54% a R$ 5,2592 na compra e a R$ 5,261 na venda. O dólar futuro para julho opera em leve variação negativa de 0,04% a R$ 5,248 no after-market.

No mercado de juros futuros, DI para janeiro de 2022 caiu três pontos-base a 3,06%, o DI para janeiro de 2023 teve queda de cinco pontos-base a 4,12% e o DI para janeiro de 2025 recuou 13 pontos-base a 5,64%.

Entre os indicadores locais, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou que o volume de serviços no Brasil caiu 11,7% em abril frente a março. Este é o resultado negativo mais intenso desde o início da série histórica (janeiro de 2011). Trata-se também da terceira taxa negativa seguida, com acúmulo de perda de 18,7% neste período.

Já na seara política, o presidente Jair Bolsonaro voltou a subir o tom após a Polícia Federal realizar uma operação que atingiu alguns de seus aliados políticos. Na noite de terça-feira, em suas redes sociais, o presidente afirmou que não iria “assistir calado enquanto direitos são violados e ideias são perseguidas”.

Hoje, os EUA frustraram o Brasil e decidiram anunciar candidato próprio para disputar a presidência do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), hoje ocupada pelo colombiano Luis Alberto Moreno. Os EUA anunciaram a intenção de nomear Mauricio Claver-Carone para o posto.

Até ontem, o Ministério da Economia acreditava que teria o apoio do governo Trump no pleito e conseguiria emplacar um nome do País para a presidência da instituição.

Outra notícia relevante do cenário macroeconômico nesta quarta são os alertas da economista-chefe do Fundo Monetário Internacional (FMI), Gita Gopinath. Ontem, ela afirmou que a revisão das projeções de crescimento, prevista para este mês, deve mostrar taxas de crescimento negativas ainda piores do que as anteriormente estimadas.

Tensão política

Na noite de terça-feira, em suas redes sociais, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que não iria “assistir calado enquanto direitos são violados e ideias são perseguidas”, referindo-se à operação da PF que atingiu seus aliados. Ele disse que, até o momento, nunca tomou uma medida que demonstrasse apreço ao autoritarismo.

A operação da PF foi autorizada pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), que é o relator do inquérito das fake news.

Jornada de trabalho

O Senado Federal aprovou a medida provisória 936, que permite redução de salários e jornadas e suspensão de contratos durante a pandemia do coronavírus.

A MP, que segue para sanção presidencial, criou o Programa Emergencial de Manutenção do Emprego e da Renda. Nesse programa, o governo paga uma parte do seguro-desemprego por até 60 dias ao trabalhador com contrato suspenso ou por até 90 dias se o salário e a jornada forem reduzidos. O salário não pode ser reduzido abaixo do atual salário mínimo, de 1.045 reais.

A redução de jornada permitida pelo programa poderá ser de 25%, 50% ou 75%, e regras variam de acordo com a faixa salarial do trabalhador.

Panorama corporativo

E dando prosseguimento ao interesse do BNDESPar em vender sua fatia na AES Tietê, a AES Corp. está interessada em comprar essa participação, segundo reportagem do jornal “Valor Econômico”.

De acordo com a publicação, a AES contratou os bancos Credit Suisse e Goldman Sachs como seus assessores nessa tratativa. A participação, detida por meio da BNDESPar, é de 28,41%, correspondente a R$ 1,6 bilhão. Na terça-feira, a BNDESPar já havia informado que contratou a BR Partners como assessor financeiro para essa operação.

Maiores altas

Ativo Variação % Valor (R$)
ELET3 9.99306 31.7
CYRE3 7.68863 22.55
YDUQ3 7.62262 34.45
BTOW3 6.42486 106.51
QUAL3 6.06646 27.45

Maiores baixas

Ativo Variação % Valor (R$)
BEEF3 -3.4458 13.45
GOLL4 -1.46138 18.88
MRFG3 -0.99085 12.99
CSNA3 -0.88496 11.2
IRBR3 -0.78355 10.13

O novo marco de saneamento básico, que está para ser votado no Senado, pode impulsionar novos investimentos e ajudar na retomada econômica do país no pós-pandemia, segundo reportagem do jornal “O Estado de São Paulo).

A ideia é que esse marco dê mais segurança jurídica aos investidores e estabeleça metas de qualidade. O relatório do projeto de lei deve ser votado na próxima semana, depois de dois anos de discussões.

O setor de saneamento precisa de R$ 500 bilhões para universalizar os serviços de água e esgoto, segundo a Associação Brasileira de Infraestrutura e Indústrias de Base (Abdib).

Invista na carreira mais promissora dos próximos 10 anos: aprenda a trabalhar no mercado financeiro em um curso gratuito do InfoMoney!

Ricardo Bomfim

Repórter do InfoMoney, faz a cobertura do mercado de ações nacional e internacional, economia e investimentos.