Fortes ganhos

Ibovespa fecha com ganhos de 2,3%, maior alta em mais de um mês

Dados econômicos positivos vindos de China e EUA impulsionaram índice na sessão, que fechou semana com ganhos de 1,93%

SÃO PAULO –  Repercutindo os dados positivos das economias norte-americana e da China, o Ibovespa voltou a registrar alta na sessão desta quinta-feira (1). O índice registrou ganhos de 2,3%, aos 58.382 pontos, a maior alta desde 13 de setembro, quando o índice subiu 3,40%. Essa forte alta fez com que na semana o benchmark fechasse no azul com alta acumulada de 1,93%. Vale ressaltar que não haverá pregão na próxima sexta-feira (2), devido ao feriado de Finados. O giro financeiro foi de R$ 6,44 bilhões.

Com o adiamento dos dados econômicos das últimas sessões – por conta do furacão Sandy – a agenda norte-americana esteve repleta de indicadores. Por lá, a criação de empregos no setor privado dos EUA superou as expectativas, fazendo os pedidos de auxílio-desemprego virem abaixo do esperado. Por fim, a produtividade do trabalhador dos EUA avançou 1,9% no 3º trimestre.

Dados positivos na China animam
Enquanto isso, na Ásia, o sinal positivo foi predominante,  após um indicador apontar a primeira expansão da indústria chinesa em três meses. O PMI (Índice de Gerentes de Compra) da China, medido pelo HSBC, subiu para 49,5 em outubro – seu maior nível em oito meses – em comparação com a leitura final de 47,9 em setembro. Ainda que o índice continue em território contração, a alta é o mais recente sinal de recuperação da economia chinesa.

Pouco antes, o governo chinês publicou o PMI oficial do país, o qual aumentou para 50,2 em outubro, de 49,8 em setembro. Neste caso, o indicador sugeriu expansão da atividade, uma vez que ficou acima dos 50.

BB se destaca entre as altas
Em um dia positivo para o mercado, apenas cinco ações do índice fecharam em baixa. Dentre os destaques de alta, estiveram os papéis do Banco do Brasil (BBAS3), com ganhos de 6,55%, aos R$ 23,09, seguidos pelas ações da Braskem (BRKM5), registrando alta de 5,81%, aos R$ 14,20.

As maiores altas, dentre as ações que compõem o Índice Bovespa, foram:

 Cód.AtivoCot R$% Dia% AnoVol1
 BBAS3 BRASIL ON23,09+6,55+2,47110,84M
 BRKM5 BRASKEM PNA14,20+5,81+15,8823,05M
 SUZB5 SUZANO PAPEL PNA INT5,55+5,11-17,6621,84M
 ALLL3 ALL AMER LAT ON9,70+4,98+5,3416,76M
 USIM5 USIMINAS PNA10,29+4,89+2,02142,14

As maiores baixas, dentre os papéis que compõem o Índice Bovespa, foram:

 Cód.AtivoCot R$% Dia% AnoVol1
 PCAR4 P.ACUCAR-CBD PN92,00-1,29+38,3746,78M
 GFSA3 GAFISA ON3,70-0,80-10,1953,80M
 GOLL4 GOL PN N210,09-0,59-18,8913,33M
 RSID3 ROSSI RESID ON4,25-0,47-44,848,02M
 CESP6 CESP PNB18,24-0,05-42,3921,0

As ações mais negociadas, dentre as que compõem o índice Bovespa, foram:

 CódigoAtivoCot R$Var %Vol1Neg 
 VALE5 VALE PNA37,17+2,26544,50M23.451 
 PETR4 PETROBRAS PN20,85+0,24460,75M31.680 
 ITUB4 ITAUUNIBANCO PN ED31,00+4,45344,18M18.474 
 GGBR4 GERDAU PN17,97+1,24230,12M21.636 
 VALE3 VALE ON38,39+2,51228,67M11.070 
 PETR3 PETROBRAS ON21,65+0,70162,12M12.689 
 TIMP3 TIM PART S/A ON7,45+3,47158,25M13.871 
 BBDC4 BRADESCO PN33,18+3,69157,59M12.418 
 ITSA4 ITAUSA PN9,30+4,49150,78M18.614 
 USIM5 USIMINAS PNA10,29+4,89142,14M21.914 

* – Lote de mil ações
1 – Em reais (K – Mil | M – Milhão | B – Bilhão)

PUBLICIDADE

Balanços e agenda movimentam sessão
Já no Brasil, a safra de resultados corporativos do terceiro trimestre foi bastante extensa, com a divulgação dos números de CSN (CSNA3), Gerdau (GGBR4), Metalúrgica Gerdau (GOAU4), Usiminas (USIM3; USIM5), Pão de Açúcar (PCAR4) e Lojas Marisa (AMAR3). Os dados saíram entre a noite de quarta e a manhã desta quinta. Após o pregão, os investidores conhecerão o balanço trimestral da Eletropaulo (ELPL4).

No mercado doméstico, a agenda econômica trouxe o IPC-S (Índice de Preços ao Consumidor – Semanal) da FGV (Fundação Getulio Vargas), a produção industrial do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), além de números sobre a balança comercial.

Bolsas Internacionais
O dia também foi de alta nas bolsas norte-americanas e europeias. O índice Nasdaq Composite, que concentra as ações de tecnologia norte-americanas, fechou  em alta de 1,44% e atingiu 3.020 pontos. Seguindo esta tendência, o índice S&P 500 valorizou-se 1,09% a 1.428 pontos, da mesma forma, o índice Dow Jones, que mede o desempenho das 30 principais blue chips norte-americanas, subiu 1,04% a 13.233 pontos.

Na Europa, o índice FTSE 100  da bolsa de Londres  registrou alta de 1,37% e atingiu 5.862 pontos; no mesmo sentido, o índice CAC 40  da bolsa de Paris valorizou-se 1,35% chegando a 3.475 pontos e o DAX 30, da bolsa de Frankfurt, subiu 1,03% a 7.336 pontos.

Dólar
O dólar comercial fechou em alta de 0,06% terminando a R$ 2,0315 na venda.

Renda Fixa
As taxas dos principais contratos de juros futuros fecharam perto da estabilidade. O contrato de juros de maior liquidez nesta quinta-feira, por sua vez, com vencimento em abril de 2013, registrou uma taxa de 7,10%, com queda de 0,01 ponto percentual abaixo em relação ao fechamento de quinta-feira.

No mercado de títulos da dívida externa, o título brasileiro mais líquido, o Global 40, fechou com alta de 0,02%, a 127,86% do valor de face. Já o indicador de risco-País fechou em queda de 1,32%, aos 150 pontos ante 152 pontos do fechamento anterior, com queda de dois pontos-base.

Agenda da próxima sessão
Devido ao feriado no Brasil, a movimentação da agenda desta sexta-feira ficará com os indicadores no exterior. O destaque nos EUA fica por conta do Relatório de Emprego, que traz diversos dados sobre o mercado de trabalho, entre eles o Nonfarm Payrolls, pesquisa que produz um índice referente ao número de empregos gerados na economia, excetuando-se agricultura e pecuária.

PUBLICIDADE

Serão anunciados ainda o Unemployment Rate, assim como o Hourly Earnings, relatório mensal que estima a média de remunerações por hora trabalhada – obtidos por meio de uma pesquisa realizada com 375 mil empresas – e o Average Workweek, medida referente à média de horas trabalhadas por semana.