AO VIVO Por Dentro dos Resultados: Alpargatas (ALPA4) - os detalhes do resultado da empresa em 2020 em entrevista ao vivo com CEO

Por Dentro dos Resultados: Alpargatas (ALPA4) - os detalhes do resultado da empresa em 2020 em entrevista ao vivo com CEO

Bolsa

Ibovespa cai 2,7% com vencimento de opções, dados dos EUA e após fala de Meirelles

Mercado recua em meio a dado positivo dos EUA, que faz aumentarem as expectativas de aumento de juros

SÃO PAULO – O Ibovespa fechou em forte baixa nesta sexta-feira (13), pressionado pelo exterior, com uma queda nos índices Dow Jones e S&P 500 e após o aumento acima do esperado nas vendas no varejo nos Estados Unidos. O petróleo e o minério também caem, pressionando ações ligadas a commodities. No radar doméstico hoje, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, fez sua primeira entrevista no cargo. Vale lembrar também que segunda-feira (16) é vencimento de opções sobre ações, o que sempre causa uma volatilidade no Ibovespa. 

O benchmark da bolsa brasileira caiu 2,70%, a 51.804 pontos. O volume financeiro negociado foi de R$ 7,522 bilhões. Na semana, o desempenho do Ibovespa foi apenas estável, já que o índice teve fortes altas principalmente no dia 10, antes da votação do impeachment e tirando forças da correção da forte queda do dia anterior, quando o presidente interino da Câmara dos Deputados, Waldir Maranhão (PP-MA), tentou anular a votação do impeachment da presidente Dilma Rousseff. 

Após o dólar voltar aos R$ 3,50 com leilão de ontem, o Banco Central não anunciou mais oferta de swaps reversos nesta sexta. O dólar comercial registrou ganhos de 1,47% a R$ 3,5224 na compra e a R$ 3,5236 na venda, enquanto o dólar futuro para junho tem alta de 1,10% a R$ 3,544. No mercado de juros futuros, o DI para janeiro de 2017 opera em alta de 2 pontos-base a 13,58%, ao passo que o DI para janeiro de 2021 opera com ganhos de 11 pontos-base a 12,11%. 

Segundo o economista-chefe e estrategista da Azimut Brasil Wealth Management, Paulo Gomes, na queda da Bolsa e na alta do dólar hoje há um importante componente dos dados de vendas no varejo dos EUA, que mostram um avanço robusto do consumo nos Estados Unidos e gera expectativas de que o Federal Reserve possa elevar os juros mais cedo e com maior frequência do que o esperado. 

Meirelles
O novo ministro da Fazenda Henrique Meirelles concedeu a sua primeira entrevista coletiva no começo da tarde desta sexta-feira. No começo da entrevista, Meirelles destacou que o fator político foi uma das razões da queda da confiança, assim como a dúvida de que o estado brasileiro possa lidar com a dívida pública.

Ele destacou que está iniciando um programa de trabalho intenso, e a ideia ir anunciando as medidas para a economia no devido tempo. Meirelles afirmou que anunciará na segunda-feira os nomes da equipe, mas destacou que Tarcísio Godoi aceitou o convite para assumir a Secretaria Executiva.  

Meirelles afirmou que a reforma previdenciária é uma necessidade e que a previdência tem que ser autossustentável ao longo do tempo. “O equilíbrio fiscal é absolutamente fundamental.” Para ele, um dos fatores importantes para dar segurança à população é colocar critérios de teto de gastos para o governo federal e o setor público como um todo.

Vendas no varejo EUA
As vendas no varejo dos EUA subiram 1,3% em abril, contra uma alta esperada de 0,8%. O número superior às expectativas faz com que alguns investidores voltem a ficar preocupados com um possível aumento de juros pelo Federal Reserve antes do que todos esperam. 

Ações em destaque
Dentro do setor mais pesado no Ibovespa, o financeiro, bancos grandes caíram. Itaú Unibanco (ITUB4, R$ 31,40, -3,77%), Bradesco (BBDC3, R$ 27,99, -4,08%; BBDC4, R$ 26,36, -4,04%) e Banco do Brasil (BBAS3, R$ 19,36, -2,71%) recuaram. Juntas, as quatro ações respondem por pouco mais de 20% da participação na carteira teórica do nosso benchmark.

As maiores baixas, dentre as ações que compõem o Índice Bovespa, foram:

 Cód.AtivoCot R$% Dia% Ano
 CSNA3 SID NACIONALON8,40-12,77+110,00
 CMIG4 CEMIG PN6,25-8,09+10,22
 CPLE6 COPEL PNB26,59-7,03+14,25
 GOAU4 GERDAU MET PN2,50-6,72+50,60
 GGBR4 GERDAU PN6,60-6,38+41,94

PUBLICIDADE

 


 

Já a Vale (VALE3, R$ 14,68, -4,92%; VALE5, R$ 12,07, -5,41%) operou no mesmo sentido da queda do minério de ferro. A commodity spot com 62% de pureza e entrega no porto de Qingdao teve perdas de 0,94% a US$ 54,54 a tonelada seca.

As ações da Petrobras (PETR3, R$ 12,12, -4,64%; PETR4, R$ 9,46, -3,37%), terminaram o dia em baixa após passarem boa parte da sessão registrando ganhos. O petróleo também caiu, com o barril do WTI (West Texas Intermediate) recuando 0,81% a US$ 46,32, ao mesmo tempo em que o barril do Brent tinha perdas de 0,46% a US$ 47,86. 

O resultado trimestral dela foi considerado melhor do que o esperado por alguns analistas. A companhia registrou prejuízo de R$ 1,25 bilhão no 1° trimestre, contra lucro líquido de R$ 5,33 bilhões no mesmo período do ano passado. A média das projeções compiladas pela Bloomberg apontava lucro de R$ 2,57 bilhões nos três primeiros meses do ano. 

O resultado foi impactado por despesas maiores de juros e variações monetárias e cambiais (de R$ 9,579 bilhões); redução de 7% da produção de petróleo e gás natural (Brasil e exterior); queda de 8% na venda de derivados no mercado doméstico;  aumento dos custos com depreciação; e maiores gastos com ociosidade de equipamentos, principalmente de sondas, disse a estatal em comunicado enviado ao mercado após o pregão desta quinta-feira (12). 

As maiores altas, dentre os papéis que compõem o Índice Bovespa, foram:

 Cód.AtivoCot R$% Dia% Ano
 CSAN3COSAN ON34,27+2,36+40,06
 RUMO3RUMO LOG ON4,48+1,82-28,21
 ECOR3ECORODOVIAS ON8,10+1,50+59,14
 CYRE3CYRELA REALTON11,25+0,81+53,99
 KLBN11KLABIN S/A UNT N217,09+0,53-26,65

PUBLICIDADE

 

 

Por outro lado, a companhia de concessões de logística Ecorodovias (ECOR3, R$ 8,10, +1,50%) registrou ganhos após reportar números fortes e acima do esperado, segundo avaliação do BTG Pactual. A empresa teve lucro líquido de R$ 56,5 milhões, quase o dobro do resultado obtido no mesmo período do ano passado, apoiado em melhora de resultados em concessões rodoviárias e no balanço financeiro. A companhia apurou um crescimento de 16,6% na geração de caixa medida pelo lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda), a R$ 385,5 milhões. O Ebitda veio mais forte por conta de boa performance em toll roads, holding e serviços, ressalta o BTG. 

Ajudou no resultado um aumento de 9,7% na tarifa média consolidada das concessões rodoviárias da companhia. Enquanto isso, a empresa reduziu em 30,5% o custo caixa dos segmentos de holding e serviços. 

As ações mais negociadas, dentre as que compõem o índice Bovespa, foram:

 CódigoAtivoCot R$Var %Vol1
 PETR4PETROBRAS PN9,46-3,37668,26M
 VALE5VALE PNA12,07-5,41546,63M
 ITUB4ITAUUNIBANCOPN31,40-3,77413,41M
 BBDC4BRADESCO PN26,36-4,04337,59M
 BBAS3BRASIL ON19,36-2,71265,91M
 ITSA4ITAUSA PN7,66-2,30210,81M
 ABEV3AMBEV S/A ON18,76-2,19191,36M
 CIEL3CIELO ON34,62-2,64177,54M
 KROT3KROTON ON ED11,64-4,25176,47M
 VALE3VALE ON14,68-4,92156,86M

* – Lote de mil ações 
1 – Em reais (K – Mil | M – Milhão | B – Bilhão)
 

As medidas de Temer
O mercado hoje refletiu o discurso do presidente interino Michel Temer, que acenou para maiores concessões à iniciativa privada, realização das reformas trabalhista e previdenciária e a manutenção de programas sociais como o Bolsa Família, o Minha Casa Minha Vida, o Fies (Fundo de Financiamento Estudantil) e o Pronatec. Ele também fez um discurso de união para os três poderes, apelando para uma melhora da governabilidade. 

PUBLICIDADE

No entanto, Temer não preveniu sobre os tempos difíceis que ainda subsistirão e não falou dos sacrifícios. Com pouco tempo de mandato, Temer precisa dialogar com a sociedade, sem tergiversar e com urgência. A falta de acenos à austeridade e o excesso de tentativas de agradar a uma população que não o elegeu foram vistos por alguns analistas como pontos negativos. 

Primeira reunião ministerial
Por falar no novo governo, o presidente interino fez às 9h de hoje a primeira reunião ministerial para discutir as primeiras medidas do governo, que deverão ser anunciadas na próxima semana. O encontro foi no Palácio do Planalto. 

IBC-Br
O IBC-Br (Índice de Atividade Econômica do Banco Central) fecha a semana dos indicadores brasileiros, em queda de 0,36%, acima da expectativa dos economistas, que era de um recuo de 0,1% em março, depois de fazer uma retração de 0,29% em fevereiro. O IBC-Br foi divulgado nesta sexta-feira (13) às 8h30.

PIB da Alemanha e da zona do euro
O Produto Interno Bruto (PIB) da Alemanha, a maior economia da Europa, cresceu 0,7% no primeiro trimestre do ano em relação ao quarto trimestre de 2015 e avançou 1,6% na comparação anual, de acordo com dados preliminares da Destatis, como é conhecida a agência de estatísticas do país. Os números superaram as expectativas de analistas consultados pela Dow Jones Newswires, que previam alta trimestral de 0,6% e ganho anual de 1,5% entre janeiro e março. Já o PIB da zona do euro cresceu menos do que inicialmente estimado no primeiro trimestre, segundo revisão publicada hoje pela agência de estatísticas da União Europeia, a Eurostat. Entre janeiro e março, a economia do bloco avançou 0,5% ante o último trimestre de 2015 e registrou aumento de 1,5% na comparação anual.