Análise técnica

Ibovespa alcança importante barreira dos 58 mil pontos; vem mais quedas pela frente?

Para analista da Top Traders, se o índice fechar hoje abaixo dos 58.150 pontos abrirá espaço para seguir até os 55.250 pontos como objetivo de curto prazo

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O Ibovespa fechou ontem próximo a região dos 58.150 pontos – patamar considerado pelos analistas gráficos como importante para definir os passos seguintes do índice. Neste ponto, o benchmark marcou um “topo” em julho deste ano. Para o analista Wagner Caetano, diretor da Top Traders e do Terminal Cartezyan, o fechamento de quarta-feira (10) foi em cima do divisor de águas para o índice: “em cima do muro, colocando pimenta para o molho de hoje”, comenta.

Segundo ele, um fechamento consistente do índice hoje abaixo dos 58.150 pontos abriria espaço para mais quedas, projetando como próximo alvo de curto prazo os 55.250 pontos. No entanto, se neste pregão houver uma reação compradora, o Ibovespa poderá ter marcado ontem um fundo naquela região e retomar a força compradora. “Hoje teremos um pregão importante e definitivo para os próximos dias”, disse.

Caetano comenta que a sessão de quarta-feira mostrou claramente uma pressão vendedora do mercado, com a máxima do dia menor do que a de terça-feira e a mínima mais baixa que a do dia anterior. Ontem, o Ibovespa fechou o pregão com queda de 0,81%, a 58.198 pontos, depois de ter atingido a mínima de 57.449 pontos (-2,09%) e máxima de 58.674 pontos (0%). 

Aprenda a investir na bolsa

“Houve reação dos compradores na etapa final do pregão na expectativa pelas pesquisas Datafolha para a corrida presidencial e parte do movimento foi gerado pelos vendedores de giro realizando lucro, uma vez que a região de 58.150 é manjada pelo mercado”, disse. Ele cita ainda como importante dado para o rumo dos próximos pregões o fluxo cambial divulgado na véspera, que mostrou um saldo negativo de US$ 1,9 bilhões em setembro.

Confira o gráfico traçado pelo analista: