Atenção investidores!

Ibovespa abriu espaço para subir 3.800 pontos no curto prazo; veja no Visão Técnica

Segundo Aliakyn Pereira de Sá, da XP Investimentos, rompimento dos 52 mil pontos abre espaço para buscar até 56 mil pontos rapidamente; Petrobras está ficando cada vez mais "com cara de compra" e dólar pode parar de cair no curto prazo

SÃO PAULO – Depois de tantos programas aconselhando o investidor de que o mercado estava difícil de tomar uma posição, finalmente o Visão Técnica “desceu do muro”. Na última sexta-feira (1), o Aliakyn Pereira de Sá, da XP Investimentos, foi enfático ao afirmar que o rompimento dos 52 mil pontos abre espaço para que o Ibovespa possa chegar até os 56 mil pontos no curtíssimo prazo.

Confira o tema de queda um dos blocos:

Vídeo 1 – Apertem os cintos: o Ibovespa vai começar a subir!
Segundo Pereira de Sá, o rompimento dos 52 mil precedido do “respeito” a esta região como suporte abre espaço para acreditar em mais altas. Sobre dólar, ele acredita que a “farra dos vendidos” pode ter chegado ao fim.

Vídeo 2 – Petrobras, Vale e bancos
No bloco de blue chips, ele mostrou um otimismo muito maior com Petrobras (PETR4) do que com as outras ações. Itaú (ITUB4) e Bradesco (BBDC4), no entanto, estão mais bem posicionadas do que o Banco do Brasil (BBAS3), enquanto a Vale (VALE5) segue dentro de uma zona de congestão. 

Vídeo 3 – A “aula de CSN” e 2 ações para ficar de olho
No último bloco, Aliakyn explicou o “call” que seus colegas da XP recomendaram na Arena do Investidor – grupo fechado para clientes da XP Investimentos, que acompanham os trades dos analistas da casa – com as ações da CSN (CSNA3). Além dela, ele comentou sobre Rumo (RUMO3), cujo papel seu colega Danilo Zanini abriu uma recomendação de compra, e Fibria (FIBR3), que pode se recuperar junto com o dólar.