Fusão no setor

Hapvida (HAPV3) e NotreDame (GNDI3) estimam sinergias operacionais em R$ 1,38 bilhão entre 2022 a 2024

A companhia combinada espera capturar gradualmente no período

Por  Equipe InfoMoney -

A Hapvida (HAPV3) e NotreDame Intermédica (GNDI3) identificaram determinadas sinergias na combinação das operações das companhias que poderão resultar em uma futura redução de custos, otimização de despesas e aumento de receitas.

A companhia combinada espera capturar gradualmente no período de 2022 a 2024 sinergias operacionais estimadas em R$ 1,38 bilhão de Ebitda adicional, em bases recorrentes a partir de 2025.

Em janeiro, a Hapvida e a Notre Dame anunciaram, após a decisão do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) de aprovar a fusão definitivamente, que o fechamento da operação entre as companhias iria acontecer no próximo dia 11 de fevereiro. No mesmo dia, as ações da Notre Dame deixam de ser negociadas na Bolsa. No dia 14 de fevereiro, as ações das empresas combinadas começam a ser negociadas sob o código “HAPV3”.

fusão entre Hapvida e Intermédica resultará na criação de uma das maiores empresas provedoras de soluções de saúde verticalizadas do mundo.

“A combinação de negócios entre elas baseia-se em fundamentos estratégicos como a possibilidade de (i) integração da vasta gama de produtos e estruturas hospitalares; (ii) redução dos custos operacionais; e (iii) aproveitamento de potenciais sinergias decorrentes da complementariedade geográfica de atuação das duas companhias”, destacou em relatório a Levante Ideias de Investimentos.

Oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje. Assista aqui.

 

Compartilhe