Aumento

Hapvida (HAPV3) diz que sinistro do 4º tri pode ter impacto por alta “atípica” de atendimentos

A empresa disse que o aumento ocorre após um período de estabilidade nos atendimentos relacionados a síndromes gripais desde julho

Por  Reuters -

SÃO PAULO, 22 Dez (Reuters) – A operadora de saúde Hapvida (HAPV3) disse que houve nas últimas semanas um aumento “significativo” de atendimento a pacientes com “sintomas típicos de viroses” e que essa elevação pode ter potencial impacto no sinistro no quarto trimestre, segundo comunicado ao mercado nesta quarta-feira.

Citando a identificação da variante Ômicron no país e o aparecimento da Influenza subtipo H3N2, a Hapvida afirma que realizou em 20 de dezembro de 2021, 14.304 atendimentos de urgência, “o pico de atendimentos até o momento”.

A Hapvida diz, entretanto, que o aumento da demanda nas emergências para síndromes gripais não está sendo acompanhada por elevação no volume de internações ou de mortes.

A empresa disse que o aumento ocorre após um período de estabilidade nos atendimentos relacionados a síndromes gripais desde julho e que é visto em praticamente todas as regiões onde a empresa atua, com exceção a Minas Gerais.

“Como consequência desse aumento, também estamos percebendo incremento tanto no volume de exames quanto na utilização de medicamentos relacionados a esses atendimentos, com potencial impacto no sinistro do quarto trimestre”, diz a Hapvida.

Segundo a empresa, a elevação seria atípica para esse período, já que historicamente as viroses ocorrem nos primeiros meses do ano.

Oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje. Assista aqui!

Compartilhe