Invasão

Hackers roubaram US$ 34 milhões em criptomoedas de quase 500 usuários, admite corretora Crypto.com

Ofensiva teria ocorrido após falha em diversas camadas de segurança da plataforma

Por  CoinDesk -

A exchange de criptomoedas Crypto.com admitiu hoje (20) que hackers roubaram quase US$ 34 milhões de 483 contas durante um ataque que quebrou várias camadas do sistema de segurança da plataforma.

A corretora, que tem sede em Cingapura, reconheceu que os saques não autorizados totalizaram US$ 15,2 milhões em Ethereum (ETH), US$ 18,7 milhões em Bitcoin (BTC) e US$ 66.200 em dólares americanos.

Até então, a empresa de segurança PeckShield apontava que apenas 4.600 ETH, avaliados em cerca de US$ 15 milhões, haviam sido roubados. Os especialistas identificaram a transferência do montante para a plataforma Tornado Cash, um protocolo que embaralha transações para esconder a origem dos valores.

Kris Marszalek, CEO da Crypto.com, enfatizou que “dada a escala do negócio essas cifras não são particularmente substanciais e os fundos dos clientes não ficaram em perigo”. Segundo a empresa, todos os usuários afetados foram ressarcidos, de modo que nenhum cliente teria sofrido prejuízo real.

Na segunda-feira (17), a corretora suspendeu saques em sua plataforma após usuários relatarem “atividades não autorizadas”. Em seguida, os clientes foram obrigados a fazer novamente o login em suas contas e redefinir a verificação em duas etapas.

Até onde as criptomoedas vão chegar? Qual a melhor forma de comprá-las? Nós preparamos uma aula gratuita com o passo a passo. Clique aqui para assistir e receba a Newsletter de criptoativos do InfoMoney

Compartilhe