Varejo

Guararapes (GUAR3), controlador da Riachuelo, tem alta de 14,9% no lucro do 3º trimestre

Redução do Ebitda, em relação ao período pré-pandemia, ocorreu, principalmente, pelos maiores gastos relacionados à transformação digital

Por  Fernando Lopes -

SÃO PAULO – Guararapes (GUAR3), grupo que controla as Lojas Riachuelo, entre outros empreendimentos, apresentou lucro líquido de R$ 207,317 milhões no terceiro trimestre de 2021, contra prejuízo de R$ 51,430 milhões apurado um ano atrás.

Excluindo os efeitos não-recorrentes, de acordo com a administração, o lucro líquido seria de R$ 8 milhões no trimestre analisado.

O Ebitda teve aumento de 147,3% no 3TRI21, em relação ao ano anterior, com 208,118 milhões, contra R$ 84,153 milhões. Já o Ebitda ajustado avançou 149,6% no período, indo a R$ 211,343 milhões, mas houve queda de 16,9%, em relação ao mesmo trimestre de 2019.

A queda de 16,9% em relação ao período pré-pandemia, segundo a empresa, ocorreu, principalmente, em função dos maiores gastos relacionados à transformação digital em andamento.

A margem Ebitda ajustado subiu 6,1 pontos percentuais, para 11,6%.

O endividamento alcançou R$ 1,671 bilhão, com relação dívida líquida/Ebitda de 2,2 vezes. Essa relação era de 4,1 vezes há um ano, mas de 1,1 vezes no mesmo período de 2019, pré-pandemia.

A receita líquida cresceu 19,2%, indo a R$ 1,815 bilhão, com destaque para o crescimento da receita líquida do Midway Shopping, no Rio Grande do Norte, de propriedade do Grupo, com mais 90%.

As vendas em mesmas lojas (SSS) teve alta de 19% em relação ao 3TRI20 e de 5,8% ao 3TRI19. “Excluindo a venda de eletrônicos, muito impactada pela falta de componentes na cadeia de suprimentos, o SSS cresceu 9,5% na comparação com o mesmo trimestre pré-pandemia.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A empresa já conta com 358 lojas, sendo 327 Riachuelo, 25 Carter’s e 6 Casa Riachuelo.

Já a quantidade de usuários do e-commerce com o app instalado aumentou 2,4 vezes em relação ao 3TRI20. O número de downloads do aplicativo alcançou a marca de 15,2 milhões. Foram 3,6 milhões de clientes comprando via e-commerce, um crescimento de 60% na mesma comparação.

Curso inédito “Os 7 Segredos da Prosperidade” reúne ensinamentos de qualidade de vida e saúde financeira. Faça sua pré-inscrição gratuita.

Compartilhe