MERCADOS AO VIVO Taxa de desemprego no Brasil atinge recorde de 14,6% no 3º trimestre, diz IBGE

Taxa de desemprego no Brasil atinge recorde de 14,6% no 3º trimestre, diz IBGE

Abertura de capital

Grupo Soma, proprietário das marcas Animale e Farm, pede registro para IPO à CVM

O Soma possui 221 lojas próprias no Brasil voltadas para as classes A e B e duas nos Estados Unidos

arrow_forwardMais sobre
FARM (Divulgação/Facebook)
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O Grupo Soma, proprietário das marcas de vestuário feminino Animale e Farm, registrou na sexta-feira (28) pedido para oferta pública de ações (IPO, na sigla em inglês) primária e secundária à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

O Soma possui 221 lojas próprias no Brasil voltadas para as classes A e B e duas nos Estados Unidos. O grupo nasceu em 2010, com a fusão das grifes cariocas Animale e Farm.

A oferta terá o Itaú BBA como coordenador líder, o JP Morgan, o Bank of America e a XP investimentos como demais coordenadores.

Aprenda a investir na bolsa

O grupo informou no prospecto enviado que teve lucro líquido de R$ 126,8 milhões em 2019, com uma receita líquida de R$ 1,3 bilhão e um lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações (Ebitda) de R$ 214,5 milhões.

A Soma ainda é dona das marcas Cris Barros e A.Brand, voltada ao público feminino; Fábula, para crianças; e Foxton, para homens. A Soma também acertou em fevereiro a compra da Maria Filó, cuja concretização ainda depende de aprovação pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

O Grupo Soma informou que pretende usar os recursos levantados na oferta para a aquisição de outras marcas e para investimentos em tecnologia.

Seja sócio das melhores empresas da Bolsa: abra uma conta na Clear com taxa ZERO para corretagem de ações!