Grupo Soma e Arezzo confirmam conversas para fusão, mas dizem que não há acordo vinculante

As ações das companhias dispararam mais cedo com informações da imprensa de que estavam negociando uma fusão

Equipe InfoMoney

Hering (Instagram/ Hering)

Publicidade

Os grupos de varejo de moda Arezzo&Co (ARZZ3) e Grupo Soma (SOMA3) confirmaram nesta quarta-feira que estão em tratativas para uma eventual fusão de suas bases acionárias, mas que ainda não alcançaram um acordo vinculante.

As ações das companhias dispararam mais cedo com informações da imprensa de que estavam negociando uma fusão.

O Grupo Soma afirmou que seu presidente-executivo, Roberto Jatahy, permanecerá a frente das marcas sob gestão do grupo e que Alexandre Birman, presidente da Arezzo, será presidente-executivo da companhia combinada caso as empresas avancem para um acordo definitivo.

Masterclass

As Ações mais Promissoras da Bolsa

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

“Não há, no momento, qualquer documento vinculante firmado e, portanto, não se pode confirmar que a operação de fato se realizará”, ponderou o grupo.

(com Reuters)