Bolsas mundiais

Grécia mostra disposição por acordo e bolsas mundiais respondem com altas

Apesar das sinalizações de Alexis Tsipras no fim de semana, mercado e ministros europeus seguem céticos quanto à possibilidade de que um acordo com credores seja alcançado

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Os esforços gregos para evitar o calote sobre a dívida do país durante o final de semana foram bem recebidos pelo mercado nesta segunda-feira (22) com os principais índices acionários mundiais apresentando movimento de valorização. Às 7h50 (horário de Brasília), o índice MSCI que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão avançava 0,98%. O índice japonês Nikkei fechou em alta de 1,3%, enquanto na China os mercados estavam fechados por conta de um feriado, depois de registrarem a maior queda semanal desde 2008 na semana passada.

Apesar da aparente euforia, muitos investidores ainda se mostravam cautelosos acerca das propostas do primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras. “Hoje supostamente será a última rodada de negociações, então pode haver uma possível surpresa na forma de um acordo com ambos lados vendo os sinais de alerta”, disse o estrategista-chefe de câmbio no Japão do Barclays, Shinichiro Kadota.

Na Europa, apesar de a percepção de um acordo entre Grécia e seus credores ser tida como bastante improvável, os principais benchmarks do continente operam em alta. O pan-europeu FTSEurofirst apresentava ganhos de 1,26% às 8h32 (horário de Brasília), acompanhando o bom desempenho do alemão DAX, que subiu 2,84% no mesmo horário. Corroboram com a posição cética dos investidores em relação à Grécia – embora o dia seja de alta para os mercados – as notícias de que os ministros de finanças das principais economias europeias não acreditavam que um acordo seria atingido ainda nesta segunda.

Aprenda a investir na bolsa