Crise grega

Grécia e credores podem negociar um acordo de 2 ou 3 anos, diz fonte da França

A França, que tem sido a principal aliada da Grécia na zona do euro, pressiona por um acordo no qual Atenas aceita e aprova medidas orçamentárias

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

A Grécia e seus credores avaliam um acordo de curto prazo para a situação financeira grega que pode ser fechado até domingo, de acordo com uma graduada fonte do governo da França. Em troca pela ajuda, Atenas aprovaria pelo menos algumas das medidas econômicas rejeitadas pelos eleitores gregos no plebiscito do último domingo.

A França, que tem sido a principal aliada da Grécia na zona do euro, pressiona por um acordo no qual Atenas aceita e aprova medidas orçamentárias, com mudanças limitadas em comparação às que estavam no plano rejeitado pelos eleitores gregos. A Grécia então receberia financiamento imediato e a perspectiva de uma futura reestruturação de sua dívida, afirmou a fonte francesa.

“Na prática, nada mudou” após o plebiscito, disse a autoridade da França, acrescentando que os líderes da zona do euro podem se reunir novamente no domingo para tentar fechar os detalhes do acordo. A fonte francesa afirmou que, assim que a Grécia conseguir financiamento imediato, os dois lados negociariam um acordo de dois a três anos, que envolveria um corte nos juros e a ampliação nos vencimentos da dívida grega. Atenas então aprovaria mais medidas de longo prazo exigidas pelos credores, como a liberalização do setor de serviços. Fonte: Dow Jones Newswires.

Aprenda a investir na bolsa