Crise grega

Grécia anuncia que alcançou acordo com os seus credores

Os credores demandam que a Grécia faça reformas-chave e corte mais gastos em troca de mais empréstimos

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Depois de mais de 17 horas de negociação, a Grécia alcançou nesta segunda-feira (13) um acordo com os credores europeus que promete a adoção de novas medidas de austeridade fiscal de forma a evitar uma saída da zona do euro.

Os credores demandam que a Grécia faça reformas-chave e corte mais gastos em troca de mais empréstimos. “Conseguimos evitar as medidas mais extremas”, sustentou Tsipras. “A Grécia lutará para voltar ao crescimento e reclamar a sua soberania perdida”, afirmou.

A Grécia garantiu a reestruturação da dívida e financiamento de médio prazo dentro de um pacote de crescimento avaliado em 35 bilhões de euros, afirmou nesta segunda-feira o primeiro-ministro.

Aprenda a investir na bolsa

Ele disse que o acordo trará novos investimentos para ajudar o país a sair da recessão e evitar o colapso do sistema bancário.

“O acordo é difícil mas… evitamos o plano de um estrangulamento financeiro e do colapso do sistema bancário”, disse Tsipras a repórteres após negociações que duraram a noite toda.

O anúncio do acordo foi feito pelo presidente do Conselho da União Europeia, Donald Tusk, afirmando que os chefes de Estado da zona do euro alcançaram um acordo. Os líderes decidiram, por unanimidade, manter o apoio financeiro à Grécia, garantindo a permanência do país na zona do euro. “A reunião alcançou por unanimidade um acordo. Está tudo pronto para um programa de ajuda para a Grécia”, informou Tusk.

(Com Reuters)