Controladora e controlada

Gol faz nova proposta de reorganização societária para incorporar Smiles via troca de ações

A proposta, se aprovada, resultará na “migração da base acionária da Smiles para a Gol

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

A Gol Linhas Aéreas (GOLL4) enviou um comunicado à CVM na manhã de hoje (9) no qual detalhou a reorganização societária que pretende conduzir com os sócios minoritários da Smiles (SMLS3).

A proposta, segundo a empresa, está condicionada à aprovação dos acionistas da Smiles e, caso implementada, resultará na “migração da base acionária da Smiles para a Gol”.

Segundo os termos da proposta, cada ação ordinária da Smiles será trocada por 0,6319 ação preferencial da Gol (ações Gol PN) e a R$ 16,54. Outra proposta prevê que cada ação preferencial Smiles poderá ser trocada por 0,4213 ações PN da Gol e R$ 24,80 (referente ao valor resgatável). Segundo a Gol, ficará ao critério dos acionistas da Smiles aceitar a primeira modalidade de oferta ou a segunda.

Aprenda a investir na bolsa

“Na determinação de troca proposta, a Gol e a GLA levaram em conta o valor de R$ 39,25 por ação da Gol e um valor de R$ 41,34 por ação da Smiles”, informa o comunicado.

Segundo a Gol, ter estruturas societárias separadas para o desenvolvimento de negócios do grupo “não está no melhor interesse dos acionistas”. A empresa acredita que a unificação deverá “aumentar a liquidez no mercado das ações negociadas”.

O comunicado da Gol destaca que, após a incorporação, a Smiles permanecerá com personalidade jurídica e patrimônio próprios e passará a ser uma subsidiária integral da GLA (Gol Linhas Aéreas). O objetivo é obter maior sinergia entre as operações. O cronograma proposto pela Gol sugere que as assembleias gerais das empresas sejam feitas em 2 de março de 2020.

Em teleconferência para acionistas realizada nessa manhã, a Gol indicou que a transação poderia ser concluída até abril de 2020, assumindo que os laudos financeiros sejam entregues até janeiro e que os acionistas da Smiles aprovem a reorganização na Assembleia em março.

A Gol estima um fluxo de caixa adicional de R$ 230 milhões/ano (apenas correspondente ao lucro não detido pela Gol) e estima que, dependendo de qual das propostas for escolhida pelos acionistas da Smiles, o consumo de caixa será entre US$ 250-350 milhões.

O Bradesco BBI destaca que a proposta ainda precisa ser Aprovada pelos acionistas, mas a expectativa é de que a Smiles deve ter um rali para entre R$ 39 e R$ 40. Ou seja, um potencial de valorização entre 23% e 26% em relação ao fechamento da última sexta-feira (6).

PUBLICIDADE

Invista melhor seu dinheiro. Abra uma conta gratuita na XP.